A minha amiga crente casada!

A minha amiga crente casada!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Não se todos leram meu primeiro conto mas vou me apresentar novamente, me chamo Douglas, moreno 1,68 alt, 80 kg, solteiro, moro no litoral norte de Santa Catarina e sou evangélico. Todos os contos que relatarei são reais.

No início do ano de 2016 eu morava em Brasília-DF, e estava passando por um momento bem difícil da vida. Era tremendamente apaixonado pela minha ex namorada e estava amargando a dor do abandono, cabisbaixo, aquela tristeza que com certeza alguns ja sentiram. Na igreja onde eu vou até hoje porém em outra cidade agora, la no Df tinha uma irmanzinha por nome de Regiane, uma morena bonita, cabelos pretos longos, sorriso contagiante, e pra uma Sra que tinha 3 filhos estava muito bem cuidada, sempre sorridente e linda, mas, recatada! Quando a conheci nós trocávamos apenas os cumprimentos da igreja sem malícia, mas após uns 2 anos ali percebi que ela me olhava diferente, com um certo desejo. Porém como era casada nunca me atentei pra isso, mas percebia, foi então que em 2016 resolvi conversar com ela via msg de texto no Facebook.

Pra minha surpresa ela respondeu e ficamos um bom tempo conversando, então ela me passou seu número de whats App e a conversa fluiu melhor. Sempre tinha um porém, só ela poderia iniciar a conversa, devido seu esposo e seus filhos terem livre acesso ao seu telefone. La pelas tantas das nossas conversas ela me perguntou sobre minha namorada e eu falei que tinha acabado o namoro e fui desabafando, aquela agonia no meu peito foi se desfazendo aos poucos, então ela propôs que eu fosse em sua casa pra conversar, afinal de contas eu conhecia a família, o esposo e os filhos, porém achei que ele pudesse estranhar pous eu nunca tinha ido fazer uma visita apesar de morar bem pertinho, coisa de uns 200 metros só.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Mas aceitei e fui, no inicio fiquei bem tímido, mas fui bem recebido por todos. Nessa época eu estava desempregado, mas logo consegui um serviço na Ambev, e meu trabalho era a noite, foi quando começou nossa aventura. Um belo dia na minha folga, por volta das 1 da manhã, eu estava vendo uns vídeos caseiros de sexo, sempre gostei, e ela me chamou no Whats app.

Respondi, e ela me perguntou como estava e o que eu estava fazendo aquela hora acordado, eu disse o motivo e falei dos vídeos, foi então que ela disse pra eu enviar pra que ela visse, falei que era vídeo pornô e ainda assim ela insistiu, então enviei e ela adorou , e foi ai que eu disse que a achava muito bonita, e num instante ela me convidou pra ir na casa dela, aquela hora da noite, eu perguntei pelo esposo, ela tinha dito que ele estava pescando, e como ele bebia muito pois não era da igreja , não se importava com ela, ela me confessou quw ficacam quase 6 meses sem transar. Confesso que passou mil e uma coisa na minha mente, o perigo de ser visto adentrando aquele portão, pois ela morava na principal avenida de acesso da cidade, e se os seus filhos acordassem, fiquei com medo, mas a aventura falou mais alto e fui.

Ao chegar ela ja estava me esperando disse que queria só me dar um beijo e pegar no meu pau. Eu ja fiquei todo eufórico parecia um menino, entrei e sentamos no sofá da sala, e começamos a nos beijar, bem de leve pois não podia acordar suas filhas e seu filho, enquanto nos beijavámos, eu passaca a mão em suas costas, alisando aquele cabelo longo e descia até a sua bunda, e ela começou a passar a mão no meu pau por cima da calça, estava uma pedra, e ela alisava e apertava, então me levantei e fomos pra garagem, falei pra ela quer pegar no meu pau, tem que pegar de verdade. Abri o ziper da calça e coloquei pra fora, não é muito grande mas ela se assustou e deu um sorrisinho malicioso de felicidade. Então ela começou uma punheta com maestria as vezes com movimentos rápidos e as vezes devagar, enquanto isso nos beijavámos ferozmente e mais a vontade e minha mão ja estava dentro da sua saia apertando aquela bunda gostosa. Quando avisei que ia gozar ela apontou meu pau pro portão e gozei um jato forte, coisa delíciosa, fui pra casa todo feliz mas refletindo no perigo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Passado mais uns 3 dias ela me pediu para que eu deixasse ela me levar no trabalho, eu sempre ia de ônibus, mas ela pegou o carro do casal e me levou, pra minha surpresa ela disse que queria sentir o gosto do meu pau, fomos pra um estacionamento de um mercado ja por volta das 22 horas, que se encontrava fechado, estacionou o carro e caiu de boca na minha pica dura, ela chupava com tanta vontade que pensei que uma bola do meu ovo ia sair pela cabeça do meu pau, na hora de gozar ela parou de manae e terminou com mais uma punheta. Eu ja estava ficando agoniado afinal de contas todos noa conheciam e eu não gosto de correr riscos assim, ainda mais morando praticamente ao lado da casa dela, tinha meus receios, mas eu resolvi que da próxima vez que ela me levasse eu ia tentar come-la.

Passado uma semana ela disse que ia me levar, então fiz a proposta de sair 2 horas e meia antes do inicio do meu turno a noite e ela topou, acho que ela ja tinha sacado minha intenção naquele dia. Me arrumei e sai de casa ela me buscou e me levou até a empresa, e como eu ja conhecia todo o estacionamento e os pontos obde as câmeras não pegavam movimento, falei pra ela estacionar, então começamos nos beijos e amassos, a mão dela na minha pica, meu pau ja babando, eu com a mão em seus peitos e sua bunda, nesse momento dei um pulo pro banco do passageiro onde ela estava e afastei o banco ao máximo pra ter um pouco mais de espaço.

Abaixei minha calça e deixei meu pau inteiro a mostra e ela foi pegando e punhetando devagar, eu ja ali no meio de suas pernas totalmente abertas apoiadas no banco, quando levei minha mão em sua calcinha ela deu um gemido gostoso e mordeu o lábio. Peguei uma camisinha no bolso da calça coloquei no meu pau, puxei a calcinha dela pro lado e fui pincelando devagar, e ela ja quase gozando só com aquela provocação, foi então que ela disse que não aguentava mais e pediu para que eu metesse em sua buceta, com um só movimento empurrei meu pau até o fundo daquela buceta quente e molhadinha, ali no carro na primeira estocada ela ja gozou, e fui no meu ritmo acelerando cada vez mais, ficamos só na posição meio que papai e mamãe pois o banco da frente é meio ruim, mas ainda assim foi muito gostoso poder comer aquela buceta e chupar os peitos gostosos daquela irmã casada. Quase perdi o horário do meu turno, mas fui trabalhar feliz, e depois aconteceu muitas outras vezes nossas aventuras.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Se quiserem entrar em contato meu e-mail é [email protected], casada, solteira, noiva, namorada, coroa, novinha, vc que gosta de sexo no sigilo e mora pela região do vale do Itajaí só me chamar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *