Adriene e os colegas de empresa

Adriene e os colegas de empresa

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Minha esposinha Adriene foi designada por sua empresa para fazer um curso relacionado às suas atividades profissionais, com mais três colegas, de outras cidades.

Voltou do curso, no primeiro dia, surpreendida com seus colegas, todos eram mais jovens do que ela, dois de 25, e um de 19 anos, que era estagiário mas a empresa estava investindo alto nele. Contou que além da idade, eles tinham em comum o porte físico, todos por volta de 1m90, e fortes, isso é, eles tinham idades e porte físico que a atraem.

Contou que havia passado o primeiro dia inteiro do curso com a bocetinha melada, por causa dos três, e gostaria de sair a noite para jantar com eles, mostrar a cidade, e aí deu uma risadinha … “e para mostrar o que mais eles quiserem ver…”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Adriene tem 30 aninhos, aparenta bem menos, e é uma mulher muito atraente. Rosto bonito, bem branquinha, loirinha, 1m60 de altura, 56 quilos, seios e quadris grandes, cinturadinha, coxas grossas, toda depiladinha. Quando a conheci, tinha a fama no bairro em que morava de frequentar festinhas de homens casados, o que me excitou muito porque sempre quis casar com uma mulher de vários homens. Assim que confirmei que realmente ela fazia isso mesmo, tivemos uma conversa franca e casamos em seguida, ela sabendo que seria liberada sempre que quisesse.

Depois de casada, não só a liberava quando ela queria, mas ainda frequentemente a apresentava a outros homens que eu sabia que seriam de seu agrado, e com os quais ela acabava saindo na maioria das vezes.

Portanto, dentro de nossa relação, o pedido dela não tinha nada de estranho, e concordei com ele. Ela confirmou se eles gostariam de jantar com ela, marcaram horário e local, e ela foi se arrumar. Fiquei esperando para ver como ia se apresentar, nas situações de trabalho é extremamente discreta, mas quando sai por prazer, não é exatamente assim.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Depois de algum tempo, ela apareceu pronta para sair. Estava com um conjunto de micro saia e top de renda elástica sem forro – portanto totalmente agarrado ao corpo, fio dental preto, sem soutien, meias de nylon e scarpin pretos, blaser preto por cima do conjunto de renda sem forro, super maquiada, com uma aliança grossa de ouro na mão, que usa quando sai com outros homens, e joias diversas, além de deliciosamente perfumada.

Estava como gosta, quando sai com homens, roupas finas, mas excessivamente exibida, mostrando o que esperava do encontro. As roupas estavam transparentes, provocantes, curtíssimas e justíssimas.

Voltou eram 5 horas da manhã. Eu estava esperando por ela, como sempre faço, assistindo televisão. Parou no meio da sala, ficou só de meias e saltos, e veio para o meu colo contar seu passeio da noite. Quando me beijou, a boquinha tinha gosto de porra, e ela começou contando que ao apanhar os rapazes, eles haviam ficado todos de pau duro por causa dela, já que ela estava com praticamente ¾ das coxas de fora, além de toda a transparência e da aparência geral. Jantaram e ali pelas 23 horas saíram para passear, ela deixou que um deles dirigisse, e ela foi atrás com o mais novo. Estava já sem o blaser, bastou que se aconchegasse a ele, ele começou a beijá-la e a boliná-la, enquanto ela pegou no cacetão dele, primeiro por cima da roupa e depois enfiou a mão por dentro mesmo, tirando-o para fora e o abocanhou, enquanto ele enfiava os dedos no rabinho dela, e ela gemia e rebolava, sem parar de mamar o rapaz. Ele logo gozou na boquinha dela, enchendo-a de leite, e os dois da frente estavam doidinhos, queriam entrar na farra também. Ela ensinou o caminho para um motel de luxo, escolheu a suíte mais luxuosa do motel, e desceu do carro para a suíte sem o blaser, exibindo seu corpo para eles, mal escondido pelas roupinhas. Contou que teve fazer chupeta para os outros dois, que também eram verdadeiros salames de grande, arrancaram toda roupa dela, e levou rola de todas as formas, chegou inclusive a levar duas de uma vez na bocetinha, e a outra no rabinho. Foi chupada, mordida, apanhou, enfiaram velas no rabinho dela, e por um tempo desfilou com um rabo de raposa preso em um plug anal, que tinha no carro, enquanto usavam a bocetinha dela a vontade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Por volta das 2 horas, foram embora, ela foi deixa-los no hotel, os dois mais velhos, funcionários, estavam em um hotel, e o estagiário em um outro, mais simples. Quando chegaram ao hotel do estagiário, ele convidou-a para subir, e como ela queria levar mais rola dele, atendeu o convite e subiu. Ela disse a ele que gostava de apanhar, e ele bateu nela além de mordê-la, boliná-la, fazê-la desfilar de rabo de raposa, e a comeu mais três vezes, duas anais e uma vaginal. Ela fez questão de me mostrar o cuzinho e a vagina, ambos alargados pela experiência com os três, mas principalmente pelo estagiário, que era o mais dotado deles, além de porra escorrendo generosamente …

Foi em seguida para o quarto, deitou-se de costas de pernas abertas, e me chamou: “Querido, sua puta chegou, saiu com 3 homens de verdade que me encheram de porra, por favor, me limpa, que vou sair com eles de novo todas as noites, até o dia de irem embora. E vou tentar trazer o estagiário para passar as noites aqui, sem que os outros saibam, você permite?” Claro que concordei e fui para a minha tarefa de corno de limpá-la, que eu ainda repeti por mais quatro noites, em que ela foi puta deles, e que eu dormi no quarto de hóspedes, porque ela e o estagiário vieram terminar todas as noites em casa, ele ficando com ela até de manhã …

Quando foram embora, ela estava bem arrombada, mas totalmente feliz!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *