Conto surpresa de aniversário

Conto surpresa de aniversário

Essa é uma história real dedicada à minha leitora querida sob o olhar dela mesmo. Olá meu nome é Paola, moro no Amazonas e hoje é meu aniversario de 19 aninhos. Resolvi contar aqui uma aventura que aconteceu comigo hoje bem no meu aniversario, um presente bem inusitado, uma surpresa.

Faz muito tempo que eu acompanho os contos aqui nesse site, adoro ver contos dos mais diversos temas desde que bem escritos e faz pouco mais de uma semana eu comecei a ler um conto ótimo sobre uma moça que era estuprada em um show.

Eram várias partes e na parte final a autora colocou o numero do whatapp dela, resolvi entrar em contato para elogiar. Qual foi minha surpresa não era uma mulher, era um homem.. Rsrs

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Conversamos desde então sobre todo tipo de assunto até a conversa começar a ficar mais seria ou mais safada, ele me mandava fotos dos lugares ao redor do mundo que conheceu,.

Sabia conversar muito bem não era como os garotos da minha idade que só querem falar de putaria e pedir nudes o tempo todo.

Aquilo me encantou, o jeito, as fotos, a conversa até que surgiu o primeiro nude. Nossa ual era uma foto de pau duro com uma gozada. Confesso a vocês que aquilo me deixou de bucetinha melada, e depois ele me contou que aquela gozada era por mim.

Não resisti, comecei a apertar o bico do meu peito que mesmo não sendo grande é bastante sensível, no escuro do meu quarto com o ventilador forte tentando esfriar meu corpo eu só queria pegar fogo.

Desci a outra mão e fiquei brincando com meu grelinho, dar tapinhas na minha bucetinha e escutava aquele som molhado tão excitante.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Tive que morder forte o travesseiro para abafar meus gemidos, estava muito gostoso imaginar a mão dele percorrendo meu corpo, aumentei a velocidade e enfiei logo 2 dedos bem fundos para gozar.

AHHHH que delicia meu corpo deu uma tremida e minha buceta se contraiu toda. Eu nunca contei isso para ele, só agora vai ficar sabendo.

Nossa conversa e intimidade iam aumentando, ele tinha um jeito meigo e tarado que me cativaram, quanto mais conversávamos mais ele descobria sobre mim. Falei do meu aniversario e ganhei a promessa de um presente.

Eu sabia que ele morava longe e provoquei, “porque você não vem na minha festa?” um sorriso safado cresceu no meu rosto quando eu li, “me passa o endereço”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Claro que ele não iria vir, eram mais de 5 horas de avião de Minas Gerais até aqui e bem, ele nem me conhecia, ninguém faria tamanha loucura, por isso eu passei o endereço.

Hoje é a festa, todos os meus melhores amigos estão aqui, meus pais aproveitaram para jantar fora e nos dar mais liberdade, “ahh eu amo meus pais”.

Alguém trouxe uma garrafa de tequila, acho que foi o Ricardo, e começamos a tomar shots, a musica estava ótima e a companhia melhor ainda. O interfone toca meu coração não sei porque dispara.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

“Alo quem é?”

“Aqui é o Acauan, estou com sua surpresa”

Meu Deus!!! Eu não podia acreditar ele tinha vindo mesmo. Impossível. Bati o interfone no gancho de puro nervoso e susto. E agora o que eu ia fazer? Eu não podia deixar ele lá fora. Desci as escadas correndo e quase cai, porque eu não peguei o elevador?

Ele estava parado no portão parecia olhar o interfone sem acreditar.

“Desculpa… Não achei que você viria e…” parei de falar na hora, ele estava com um sorriso sacana, uma rosa na mão. “Esse é um pequeno presente para ti, o começo da surpresa”.

Nossa aquilo me desarmou por completo, fiquei vermelha e ele deve ter notado porque o sorriso sacana ficou maior. Eu fiquei com vergonha quase nem olhava para ele, resolvi dessa vez pegar o elevador para irmos mais rápido, fui na frente guiando o caminho.

O ar tinha ficado quente, eu suava muito. Entramos no elevador e eu para poder desviar daquele olhar fingir arrumar o cabelo no espelho.

Acauan me segurou pressionando contra o espelho, apertou meus peitos e começou a escorregar a mão pela minha coxa, subindo, buscando a abertura do vestido.

O espelho embaçou com minha respiração, uma lambida na minha orelha me fez tremer toda, ele sabia como deixar uma mulher excitada.

“Hoje eu vou te fazer muito feliz, essa será a segunda parte da surpresa” ele sussurrou rouco no meu ouvido. Minha bucetinha ficou molhada na hora. Aquela situação toda estava me deixando louca e no último fio de sanidade eu lembrei que ainda estávamos no elevador, que ele ainda estava em movimento subindo.

E se alguém aparece? O perigo de ser descoberta, a surpresa de estar sendo manipulada por alguém que eu nunca vi ao vivo me deixava louca.

Ele achou finalmente minha calcinha e com habilidade afastou para encontrar minha bucetinha molhada, um mar de prazer. Não houve delicadeza, ele foi até meio rude mas enfiou direto dois dedos buceta a dentro que me fizeram gemer alto.

Os dedos entraram fundo e na mesma velocidade que entraram saíram deixando um barulho molhada na saída e me deixando com mais vontade. Acauan chupou os dedos que estavam a poucos segundos dentro de mim. “Você é um doce de menina” e depois nada. Eu estava ofegante, querendo mais e ele parou.

Minha bucetinha piscava de vontade, querendo o dono daqueles dedos mágicos. “Se com dois dedos ele fez tudo isso imagina com o resto do corpo” pensei comigo.

O elevador chegou no meu andar e eu fui abrindo a porta para ele, a festa ainda estava com som alto, apresentei Acauan para meus amigos e logo ele já estava enturmado, contando sobre a vida dele.

Os meninos foram comprar mais uma garrafa de tequila e ficamos sozinhos no apartamento só Acauan, eu e duas amigas.

Claro ele não tirava os olhos de mim e não fazia questão nenhuma de disfarçar tanto que as meninas logo deram uma desculpa de irem comprar mais Doritos porque estava acabando(mesmo todo mundo sabendo que ainda tinha 3 pacotes grandes fechados).

Mal a porta do apartamento se fechou ele já pulou em mim, como estávamos em almofadas no chão ficou mais fácil ainda para ele pular. “Agora você é minha, não gostava tanto de me provocar?”.

Eu fiquei com muito medo, excitada mas com muito medo. O que ele iria fazer comigo? Não tinha ninguém em quem eu podia pedir ajuda. De uma forma estranha eu vi no olhar dele que ele não iria me fazer mal algum, vi um homem tarado mas que iria me respeitar.

Fechei os olhos e sentir minha boca sendo invadida pela língua dele, um beijo quente que brincava no céu da minha boca me fazendo ver estrelas. Fui perdendo o fôlego no beijo de fogo, até que tive que afastá-lo para poder respirar melhor, mas não consegui, apesar do corpo magro ele era forte.

Tive tempo de um suspiro enquanto ele desceu a língua para meu pescoço, que delicia, eu já estava muito molhada e sentia o pau dele duro mesmo por cima da calça.

Ele ficou sentado e olhou dentro dos meus olhos, que olhar. As duas mãos dele subiram pelas minhas pernas e puxaram minha calcinha que já estava mais do que molhada, ele puxou e deu uma cheirada forte fazendo um barulho engraçado. Eu fiquei morta de vergonha, o cheiro devia estar ruim mas ele adorou.

Desceu a boca direto para minha bucetinha, sugou com força meu grelinho e enfiou dois dedos, ele sabia bem encontrar meu ponto G.

Meu corpo todo tremia, eu já gemia alto de novo sem me importa com vizinhos, eu só queria gozar. E gozei forte prendendo os dedos dele na minha buceta. Minha respiração estava acelerada demais, meu corpo já se movia sozinho, eu ficava rebolando nos dedos dele, eu queria mais.

“Por favor… Não faz isso comigo”

“Eu ainda não fiz nada”

Eu passei minhas pernas pela cintura dele e consegui virá-lo ficando em cima. Que cinto difícil de tirar, consegui soltar a calça dele e encontrei o pau duro e babando, eu já não queria mais pensar.

Encaixei na entradinha da buceta e com duas pinceladas no meu grelo eu já desci com tudo. Ahhh que delicia de sensação ele conseguia mexer o pau dentro de mim, não era um pau grande nem exagerado mas ele sabia usa-lo.

Eu fiquei parada só escutando a batida do meu coração e o pau dele pulsando no mesmo ritmo. Comecei a descer e subir devagar para aproveitar…. Eu conseguia sentir ele no fundo.

“Está muito gostoso, isso ahhh fode com força’’ eu gemia sem parar

Ele subiu meu vestido pela cabeça e conseguiu tirar meu sutiã, ficou brincando no bico do meu peito. Eu já pulava no pau dele sentindo outro orgasmo chegando.

“Aiiii” eu gozei forte e cai em cima dele. Acauan afastou meus cabelos e eu fiquei no peito dele ouvindo a respiração pesada dele. Mas claro eu tinha gozado e ele ainda não, o pau dentro de mim estava bem vivo e querendo ação.

Com cuidado ele saiu de baixo de mim, começou uma massagem nos meus ombros e eu ronronava igual uma gatinha, mas meu tempo de descanso tinha acabado.

Ele meteu de uma vez na minha buceta, doeu mas foi definitivamente um susto bom. Acauan bombava forte, sentir meu corpo pequeno se perdendo em baixo do corpo dele, cada bombada o pau dele conseguia me atingir mais fundo.

Ele segurou meus cabelos, puxando de leve como alguém que domava uma eguá no cio, ele ficou mais rápido.

“Agora você vai pagar por toda provocação” ele gemeu e continuou metendo forte. Sua boca veio no meu pescoço, um chupão, uma mordida. Eu senti dor, senti prazer e sentir que o pau dele estava inchando, ele ia gozar.

“Vai goza dentro da sua putinha, mete fundo” eu gemia

A mordida ficou mais forte eu sentia minha pele sento puxada, ele meteu mais fundo e urrou gozando tudo dentro.

Ficamos um tempo parados naquela posição. Eu sentia sua porra escorrendo, me sentia frágil e ao mesmo tempo protegida, me sentia a mulher mais feliz do mundo.

Era o melhor presente de aniversario que eu poderia ter recebido. O que será que ele vai me dar de natal?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *