Depois da separação complexa ,só MESMO a enteada pra me vingar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Olá gente leio muitos contos aqui e prefiro os reais ou que parecem mais real.

Eu sou um cara hj de 45 anos ,mas aparento bem menos uns 35 é o que falam .Este conto é real portanto vou mudar os nomes é claro. Depois de uma separação dramática entre minha mulher Ana e eu ,que chegou a beira de uma Maria da Penha as coisas com minha ex começou a se acalmar as crianças vinha sempre ficar comigo no final de semana e é claro que a Renata minha enteada vinha traser o meu casal de filhos ela com 6 e ele com 5 anos ,a Renata ja tinha 18 ,eu a conheço desde dos 13 anos quando fui morar com a mãe dela ,logo me chamou de pai .vou descrever ela ,branca ,baixinha com uma bundinha bem empinadinha cabelos na bunda liso e um fogo que só. Eu sempre fui respeitoso com ela e no tempo que morava com mãe dela jamais passou por minha cabeça ter qualquer tipo de intimidade respeitava mesmo.Meu casamento acabou assim de bobeira eu não trai minha esposa ia buscar ela no serviço. Mais a mulher começou buscar motivo pra brigas ate que separamos e logo depois de um tempo ela juntou com um colega de trabalho la da padaria que ela trabalhava, mesmo dizendo que foi depois da nossa separação é óbvio que eu não acreditei e passei a querer matar os dois .Mais o tempo passou e as coisa voltaram ao normal.Agora voltando ao assunto minha enteada tinha saido de casa e ido morar com um cabeludo que eu detestava e a mãe dela também .pra piorar o cara era vizinho ,ou seja via eles com frequência. Mais casal novo sabe COMO é a menina que não fumava, nem bebia bebidas alcoólicas estava cada vez mais mudada. Pra encurtar a estoria toda .uma vez ja tinha passado uns dois anos ela tinha voltado pra casa da mãe, tinha brigado com o moleque. Trouxe meus filhos no final de semana e tudo beleza .mais numa quinta feira ela apareceu sozinha em casa .era meu dia de folga estava sozinho em casa como todos sabiam quem ela era minha enteada, ninguém achava estranho ela em casa ,até eu mesmo .O problema é que eu estava bebendo cerveja muita cerveja e ela agora bebia e começou a me acompanhar enquanto falava da sua vida .No início eu dando concelho como pai ate que ela falou que lance dela era uma mulher. Kkkk nisso eu comecei a zoar só pra ver onde iria comecei a dizer que o carinha não fez a coisa certa e tal,mais pra provocar Ela me dizia que era machista e tudo ate que ela tonta deitou no meu colo.Aquela ninfeta de short jeans curto perna grossas .comecei passar a mão na cabeça no cabelo e fui descendo nas costa e fui vendo que ela estava aceitando, então ousei mais ,passei a mão nas coxas dela ela levantou e disse .preciso ir embora! Nesse momento puxei pra mim fazendo ela sentar no meu colo , e puxando o rosto dela dei um beijo meio roubado e ela correspondeu e antes que pudesse se arrepender enfiei a minha mão por baixo da sua brusa e toquei seus peitinhos durinhos ,levantei a brusa e comecei chupar um de cada vez ,ela só gemia e dizia não podermos…Eu já cego pelo desejo botei meu pau pra fora e falei chupa ! Igual a sua mãe putinha!nessa hora ela caiu de boca e mamou muito gostoso. Levantei joguei na cama tirei seu short com calcinha e tudo e disse vc gosta de língua?Cair de boca na sua xaninha rosinha ,ela empurrava minha cabeça pra dentro das pernas delas e puxando meu cabelo gemendo toda ,seu líquido salgadinho descia ja pela minha boca e eu numa mistura de desejo ,culpa e também raiva da mae dela ,coloquei ela de quatro e fui entrando devagarinho ouvindo ela dizer fode!Nessa hora empurrei com força que ela colou a cara no colchão e gritou baixinho, eu comia com forca sem parar até gosar dento dela .depois dei um banho nela e com calma comi novamente. Combinamos que foi um erro e não iria acontecer novamente, ficaria entre nos esse segredo .confesso que hj arrependir de não ter comido o cuzinho dela .Hj ela voltou com moleque e esta grávida dele . Escrevi do celular desculpa os erros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *