Escadaria

Escadaria

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Eu sou E, tenho 20 anos e 1,65 de altura, sou magra de um corpo desenhado, cintura fina, peitos pequenos e uma bunda redonda. Estava preste a encontrar o cara com quem viveria as minhas aventuras sexuais mais insanas: O P.

Ele era o melhor amigo do meu ex, e eu nunca o tinha olhado de forma diferente enquanto estava namorando, mas assim que terminei ele também terminou com sua namorada e a nossa fragilidade emocional deu início a esse lance. P é um moreno de 21 anos, 1,80 de altura, olhos castanhos e um físico robusto, seus 80 kg bem distribuídos, um sorriso enorme com dentes brancos e muito safado.

Então aconteceu, em nosso encontro mais louco fomos ao cinema, comemos umas fritas na praça de alimentação e quando já estávamos indo embora dei a ideia de irmos até a vila de bares e restaurante ao lado do shopping, sugeri que fossemos para os fundos de lá, onde havia uma escadaria desocupada e quase sem acesso da segurança, um ótimo lugar pra sentar e pensar na vida, dados os problemas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Mas porque não arriscar?

Estávamos sentados quase ao topo da escada, eu estava de vestido e ele de bermuda e camisa branca. Nos beijamos, sua mão deslizando pelo meu corpo e o simples toque dos seus dedos em minha nuca fizeram todos os pelos do meu corpo se arrepiar, intensificamos o beijo a cada segundo mais, ele me colocou em seu colo e eu já conseguia sentir o seu pau endurecido, enorme.

Ele pressionava meu quadril em seu pau enquanto chupava meu pescoço, depois desceu a alça do meu vestido deixando meu peito a mostra, com o mamilo enrijecido de excitação, colocou todo em sua boca e meu corpo vibrou de tesão, eu já estava gemendo e querendo mais que aquilo e ele me provocava.

Era a minha vez, levantei e pedi para que ele me seguisse até o topo da escada, onde tinha uma porta de vidro e um parapeito de ferro, e assim foi.

Já no topo da escada ele encostado no parapeito, comecei a beija-lo e a pressionar meu quadril contra o seu pau, já latejante nesse momento, fui descendo meus beijos pelo pescoço, pela barriga, até está agachada com a minha boca em direção a sua bermuda, beijei seu membro por cima da roupa mesmo e depois de olha-lo de baixo pra cima abaixei sua bermuda e sorri maliciosamente ao ver aquele pau de 21 centímetros quase bater em minha cara.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Segurei o mesmo com minha mão direita e passei a língua por toda cabecinha, que já liberava seu liquido, senti meu parceiro suspirar e pegar em cabelo, então comecei a chupar devagar ao mesmo tempo que masturbava.

Coloquei seu pau até engasgar várias vezes, ouvindo ele gemer e pressionar seu pau ainda mais fundo, eu estava muito molhada e não queria que aquele membro ficasse apenas ali em minha boca quente, havia outro lugar mais quente e molhado que aguardava ansioso pra ser penetrado por aquele pau.

Quando ele disse que ia gozar, meu corpo se encheu em um êxtase momentâneo, batia aquele membro em minha cara e chupava com vontade e estava delicioso ver o prazer nos olhos dele e seu corpo reagir de tal forma que só me fazia deseja-lo ainda mais, e então eu senti aquele gozo quente e meio amargo, tão gostoso.

Ainda estava engolindo quando ele me puxou e me virou de costas de um jeito que me fez gemer um pouco alto, ele levantou meu vestido, passou sua mão pela minha buceta já muito encharcada e implorando por seu pau dentro de mim, colocou minha calcinha de lado e me provocou passando a cabeça do seu membro na entrada da minha buceta.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Eu suspirava e pedia pra ele colocar aquilo tudo dentro de mim e o vi sorri e mandar eu implorar, eu pedia entre gemidos “por favor, P… enfia isso logo… por favor”

E assim ele fez, colocou só de uma vez todo os 21 centímetros, me fazendo ir ao delírio, começou com estocadas lentas e profundas, meu corpo sucumbindo ao prazer, então ele acelerou, me fazendo pedir por mais, me deixando cada vez mais louca de prazer, eu ia gozar.

Ele gemia, eu gemia, suspiros e eu senti todo o corpo pesar e relaxar, a minha intimidade contrair e ele gozou outra vez, escorrendo quente pela minha perna o meu e o seu gozo. Por fim, nos vestimos e nos beijamos, essa foi só uma de outras próximas que viriam.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *