ESPOSA ENCONTRA NO SUPERMERCADO UM SUPER PAU

ESPOSA ENCONTRA NO SUPERMERCADO UM SUPER PAU

Fomos na manhã de uma sexta feira ao Supermercado. Lurdes com um vestidinho leve e solto, de alcinhas, calçando uma rasteirinha, sendo que por baixo, bem, por baixo uma buceta gulosa, vale ressaltar, muito bem cuidada. Depilada, lisinha, cheirosa e um delicioso clitóris. (gosto de grelo. Para variar, vai clitóris mesmo). Tem um par de seios médios cheios, um corpo com curvas e medidas no lugar, já que calcinha ou sitiem ficaram em casa. É uma mulher na faixa dos 40 com tudo em cima e embaixo conforme manda o figurino. Impressionante e marca bem, a mudança de atitudes dela, pois antes de assumir como esposa/puta, era uma recatada senhora. Sobre isso, ela já conferiu o prêmio incentivo a mim por ter dado força, apoio total e segurança para que passasse a ser uma deliciosa esposa/puta. Mudou total! Antes pegava no meu pau com dois dedos. Olhava com o canto de fora dos olhos e tocar em sua buceta era; vapt para baixo e vupt para cima. Pronto deu! Bonita ao natural e por onde passa, chama a atenção de homens e mulheres que aliás, estou vendo fazem alguns minutos, uma loira acompanhando com os olhos onde a Lurdes vai. Não demora e logo se aproxima sorrindo e fala alguma coisa que a Lurdes responde também sorrindo. Por um bom tempo, andam juntas por dois ou três corredores. Depois mais tarde, Lurdes me conta que a simpática mulher, educadamente solicitou seu telefone passando o dela. Ai da jogo viu corninho! Vou manter contato e definir data, hora e local. (risos)
Quase passando a régua para fechamento da conta, Lurdes deixa cair um pacote de biscoitos e ao se abaixar, junto com ela, vem um senhor que pega o pacote, ajuda a Lurdes levantar-se e sorrindo lhe entrega. Agradece e olha nos olhos do chegado. Foi um face a face. Momento em que os olhos da Lurdes transmitiram algo comprometedor sendo prontamente correspondida. Cumprimenta e se apresenta. “Muito prazer! Sou Jeronimo ao seu dispor!” O prazer é meu! Sou Lurdes também ao seu dispor! Chego um pouco mais, e sou apresentado por ela já me envolvendo na conversa. A Passeio? Sim! Por alguns dias! – Sou Gaúcho de Santa Maria. Conhecem? Não! Ainda não! Mas quem sabe tendo um amigo lá, já seria um bom motivo para irmos conhecer sua cidade. – disse Lurdes. Certamente que sim! Serão muito bem-vindos! E a conversa continuo entre Lurdes e Jeronimo. Levei o carrinho com as compras para a fila do caixa e ali fiquei. Os dois conversavam animadamente. Lurdes vez outra tocava o braço dele que segurava a mão dela por alguns segundos. Foi assim até chegar minha vez. No carro Lurdes conta que o simpático senhor é médico aposentado, mas ainda clinicando e que veio a passeio, mas com a intenção de comprar um apartamento aqui. Estão em uma casa alugada temporariamente ele e a esposa. E daí? Nada de putaria? perguntei! Ainda não! (risos) Deixou o telefone, pedindo que ligasse. – Liga né? Claro corno! Vou ligar já que ele disse não ter problemas com a esposa pois eles são vacinados maiores e as duas cabeças boas. Legal! Mas, não viu nada? (risadinha safada) : Vi! senti um volume acentuado exatamente no lugar onde normalmente em homens tem um pinto. E quero conferir! (mais risos). Toca o telefone da Lurdes. – Oi!!! Tudo bem? (é ele) Sim estamos em casa! Não temos nada a fazer! Claro podemos marcar! As 9? (21 horas) Sim pode ser! Combinado, até depois. Beijos! – Corninho! O Jeronimo vem me comer! Ele disse isso? – KKKK não! não disse, mas se vem, vai ter que comer né corno? Esqueceu que eu tenho que conferir o tamanho do pinto dele? O que achas? – perguntei – Pelo que vi, é grande, grosso, cabeçudo, sacudo e pentelhudo! Maravilha minha puta! E ele vem sozinho? E a esposa? – Disse rapidamente que ela tem compromisso com um amigo e vai ficar em casa. – Hum… aí tem … – Só tem né corno! Tudo bem! Ela fode lá, ele fode aqui! (kkk) – Calculei bem! Jeronimo contou estar na faixa dos 60, e a esposa uma 50tona – Ele acertei, ela não disse nada, pois ainda não a tinha visto. Da cor morena, cabelos grisalhos, estava vestido com uma bermuda branca a uma camiseta cinza e par de tênis branco. Agradável, com um bom papo, fomos nos soltando até o assunto entrar claro, para sexo. Contou sem cerimonias que ele e a esposa são liberais e gostam de ter relacionamentos extra casamento. Questionou o que pensávamos sobre isso. – Um breve relato feito por mim e a Lurdes, deixou claro que também somos liberais e que ser corno manso é um desejo realizado graças a Lurdes que aceitou e assumiu a condição de esposa/puta. Jeronimo, enquanto a conversa fluía, mexia no pau, alisava e dava uma esticadinha puxando para o lado. Calculei de 20 a 22 cm com boa grossura. Lurdes pede que eu va buscar cerveja e senta-se no meu lugar. Eu estava de frente para a visita. Ela começa e cruzar e descruzar as pernas. O Gaúcho fixa o olhar para debaixo do vestidinho da esposa/puta que não vestia calcinha. Lurdes abria as pernas mostrando toda a buceta. Foi assim por longos minutos, a conversa ficando mais apimentada e era notório o pau duro do Jeronimo embaixo daquela bermuda. Mais tarde checamos que a exemplo da Lurdes que não vestia calcinha, ele não vestia cueca. Ele troca de lugar, senta-se no sofá grande. Lurdes sai de onde está e senta-se ao lado daquele que muito breve iria fode-la. Mais um pouco e ele segura a mão da minha esposa/puta, leva em direção ao pau, sorri e com olhar safado fala: Pega! É todo seu! Se achega mais, e alisa da cabeça ao talo. Sente as bolas, volta para a cabeça e ao olhar para o rosto do Macho, vê a boca dele se aproximar e recebe uma colada de lábios em um beijo prolongado. Sem parar com o alisamento no pau, sente que a bermuda pelas mãos do morenaço 60tão começa a descer. Lurdes ajuda e pronto! O Homem está com o pau livre. Lurdes segura, é duríssimo, veias por toda a extensão e absolutamente reto. Que me lembro, é o mais bonito da turma que fodeu minha esposa. Olhando para o Macho Lurdes diz: – ‘Que lindo pau você tem!” Agora é seu! Faça o que quiser! respondeu ele. Lurdes por um instante se levanta, tira o vestido e volta a manusear o espetaculoso PINTUCHO. Pinto do Gaúcho. O Cara abraça a Lurdes, aos beijos e caricias, a coloca em seu colo. O Majestoso Gaudério do sexo, fica entre as pernas da puta que sem demora, se levanta um pouquinho, o suficiente para colocar a cabeçona na entrada da sua buceta. Eu estava de volta. Fui buscar o gel lubrificante. Lurdes manda: Passa no pau todo corninho! Com uma sensação gostosa, segurei pelo meio, passei na parte de cima e completei na parte de baixo até os pentelhos. Lurdes já havia passado pouco na entrada da buceta. Me acomodei, liguei a máquina e fui registrando a entrada do mais belo caralho que já fodeu a buceta da minha querida esposa/puta. Literalmente cheia. Lurdes se curva um pouco para a frente, vejo perfeitamente bem a penetração sumária do cacete na buça. Lurdes experiente nesse detalhe, fode com elegância aquele pau. No quesito rebolar, nota 10, devagar, suavemente, Lurdes sobe e desce até encostar onde começa o PINTUCHO. Ofegante, Lurdes aumenta o ritmo e o Macho inicia uma serie de estocadas. A buceta engole desgraçadamente bem aquele pau enorme. É gostoso esse teu pau querido!” Fode ele! Fode! diz o Macho. Os dois agora estão fodendo. Ele mete de baixo para cima, ela mete de cima para baixo. A foda que começou maneira, está agora em ritmo acelerado. Lurdes leva um belo pau na buceta e pede mais…. Sim querida! Tudo? Toma! Essa estocada foi burocraticamente dentro dos conformes. Lurdes chegou a levantar um pouquinho. Jeronimo chupa um dos seis da Lurdes que fodendo anuncia que vai gozar e é para o Macho foder total com tudo! Foram além da expectativa e ela goza. Ainda metendo, o Macho atola o pau na buceta da Lurdes. Fodem alguns segundos e Lurdes se coloca ao lado, enquanto o Macho dá uma leve punhetada no cacete que via de regra, permanece latejante, duro, reto e disposto. Lurdes no espaço que resta do sofá, se ajeita, de bruços, mas com a bunda empinada, pede em tom suave: querido! bota no meu cuzinho por favor! O Macho se levanta, puxa a Lurdes para a beira do acento, ela abre as pernas um pouco mais e a cabeçona do pau encosta na entrada do cuzinho sedento por um caralho grande e grosso. Deixa que eu boto! Fala a Lurdes. E com delicadeza, suave pressão, vai recebendo os 22 cm de pau do Gaúcho. Sim! 22 cm por 9 e meio! Eu medi! Nesse cenário, vi um 60tão foder um cu com F maiúsculo. Botou tudo. Estocou colado na bunda da Lurdes que já gemendo forte, pede: Eu quero mais assim ! Me fode! Vou te foder até você gozar pelo cu sua puta! respondeu o comedor. E foi pau para dentro, pau para fora. Tirava tudo e botava tudo. Uma foda digna daquele pau e daquele cu. Os dois suavam copiosamente, e fodiam mais ainda. Vou gozar pelo cuuuuuu Jeronimo fode esse cu por favor…. e o pau comendo…. o Gaúcho metendo, a Lurdes recebendo e os dois agora gozando. Lindos maravilhosos. Macho e puta realizados. E eu? Maravilhado com a performance do Macho e da minha esposa/puta. Quem ainda não viu a esposa levando 22 cm no cuzinho, não sabe o que está perdendo! Não! Não vou questionar isso! Mas vale a pena continuar tentando fazer a cabeça dela. Boa Sorte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *