FAMILIA QUE FODE UNIDA SEMPRE SERÁ BEM FODIDA 2ª PARTE

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

…fica assim, não   mexe…….foi meu apelo ao tio pauzudo que meteu a cabeça do pau no meu cuzinho. –  A Lurdes chega no quarto e vê a cena.  –  Meu corninho querido!  O tio tá te comendo é? – Vai querido!  fode gostoso vai!  Mete teu cuzinho no pau do tio! Mete!  Entusiasmado com as palavras da Lurdes me estimulando a dar com gosto, o tio dá uma empurradinha e passa total a cabeça, e vem um pouco do resto. – Hummmmm     uiiiiiii   tio!  tio!  Fode devagar tá? era um dos pedidos que fiz ao Maduro dotado.  Estou sentindo um vai e vem daquele pau, da cabeça até o talo. O tio da Rosa, havia metido tudo a questão de um minuto, e continuou a meter    trazendo a cabeça até a portinha e penetrando até encostar os pentelhos na minha bunda. Lurdes me beija e diz coisas como: “Assim corno!” Libera total para o tio, vai!  –  Já com a perna abaixada, insinuei me virar de bruços e trazer o caralhudo pra cima de mim. O tio entendeu e colaborou.  Me virei, Lurdes ajudou, abre bem minhas pernas, empinei um pouco mais a bunda, e as estocadas de Macho fodedor reiniciam com gostinho de “QUERO MAIS “Uiiiii tioooo   faz, faz assim….  uiiiii que deliciaaa.   Lurdes com uma mão na Buceta, manda:  Tio fode esse corno tio!  Come o cu dele tio!  Quero ver ele entrando!  Minha esposa/puta segura o pauzão e dirige sua entrada completa no meu cu que até meia hora atrás era   cabaço. –  Vou te foder até gozar pelo cu querido!  fala o tio.  Sou bem chegado em cu de macho.  Gosto de comer homem assim, sem frescura, macho mesmo, que do cu…   completou o tio fodedor. Pegando em minha cintura, ele se firma para empurrar para dentro todos os 22 cm de pau. Nesse tempo que estou levando, me sinto a puta desse homem que é o primeiro cacetudo a meter no meu cu. E vem o tio com estocadas mais rápidas. Soca, mexe, geme no meu pescoço e ouvidos, passa a mão por baixo do meu quadril, pega meu pau duríssimo   e punheteia.   La no cu, o tio aumenta o volume, mete tão gostoso que não consigo segurar mais, solto tudo e gozo ….   aiiiiiii estou gozando no teu pau tiooooo –   goza querido   há    eu   também vou…   o tio joga todo o seu peso em cima de mim e cola na minha bunda estocando curto sem sair o pau de dentro do fodido e bem fodido cu. Rabo descabaçado e     cu   batizado pela porra do experiente e Maduro “Senhor dos Anéis.” Estava eu satisfeito?  Sim, muito!  Sem burocracia afrescalhada, tive o prazer de ser estupidamente bem comido. Lurdes me beijava muito desde o começo até o final da foda. Me incentivando, dizia que estava feliz me vendo ser   uma putinha cornuda, dando a bunda para um gostoso pauzudo.  Confortavelmente centrado de que fiz o que desejei muito a partir do momento em que esse homem esfregou seu pau na minha perna, assumi uma postura de   controle absoluto da entrada e saída de paus no meu cu tipo: não será qualquer um, não será a qualquer hora, e não serei afeminado. Prefiro como disse o   tio: – Gosto de foder Macho sem frescuras”.  Continuarei sendo o Macho Corno da dona Lurdes apenas agora com um diferencial:  Agasalhei o BRUXO. –                                                                                              Sentados na varanda, os mesmos da noitada de putaria participavam da roda de chimarrão. Uma corrida de zóio, enxergo uma Buceta careca sorrindo para mim. A Loira estava sem calcinha e sem se importar, deixava quem quisesse ver, a buceta a mostra. Estava demorando para o assunto virar sexo.  Começou com a Loira perguntando se nós, eu e a Lurdes tínhamos filhos?  –  Sim temos uma filha 21 anos. Linda! Estuda fora do Estado e vem nas férias. Foi a resposta da minha esposa/puta – A tia Rosa que eu   sei, tem um filho. Está com…. 20 anos tia?  23 responde a Rosa. Tipo lugar comum,    ali  todos(as)  são  tios ou  tias . – Eita coisa boa!  –  Os dois na idade que serve bem em qualquer ocasião né? –  Colocou a Loirosa. – É verdade diz a Rosa. O Márcio já me atende nas minhas necessidades ((sorriso safado) Hum? A tia por acaso anda comendo o garoto? – kkkkk ri mais alto a tia Rosa.  Iva completa dizendo:  Tem que comer mesmo!  Você!  Não dá para teu pai? Então! Se nós não comermos, os outros ou outras comem, kkk   risos dá mais experiente das três putas ali presentes. É por isso   que estou cuidando muito bem da minha filhota. A Loira tem uma filha de 18 anos. Segundo informações, mais bonita que a mãe. Tá pegando-a? Indaga a Lurdes. –  Na verdade, foi ela que me pegou! Daí a coisa ficou boa e já não sei mais quem pega quem. Lurdes dá uma saidinha da roda, retorna e de frente para o tio pauzudo fica num abre e mostra a Buceta.  Não demorou e o pau do Maduro fica duro. Todos viram e alguém comentou:  O tio já está de pau duroooo! – Lurdes se ajoelha entre as pernas do homem que fode cu de Macho e alisa o caralhão. –  Bota duro nisso, quer me foder tio? pergunta a Lurdes.  Ele coloca a minha esposa/puta sentada em seu colo, com a buceta estrategicamente assentada em cima do cacete. O tio tira o vestido da Lurdes de baixo da bunda dela e a Bucetona fica em contato direto com o cacete apesar da bermuda. Sem frescura.  Como diz o tio, ele abre o zíper, e deixa sair o cabeção. Huuuuuu… exclamação coletiva.  Vai aqui mesmo?  Pergunta a Iva.  Aqui e agora! responde a Lurdes.  Se levanta, segura o Jebão e senta.  Fica num vai e vem que faz entrar quase tudo. O tio pega os seios da puta, alisa, passa pelos mamilos e vem para bunda e pelos lados das coxas   levanta a Lurdes. O pau bambeia, Iva vem e segura o mastro. O tio abaixa devagar a exposa/puta que vai   engolindo pela fenda bucetálica o majestoso cacete. Rosa mete a mão na Buceta da Loira que lhe dá um   delicioso beijo na boca. Iva ainda ajoelhada mergulha entre as pernas da Lurdes e ataca o grelo exposto. Tudo isso na varanda. Ainda bem que o muro é alto, o portão também   e a   putaria pode continuar livre, leve e solta.     O que? – Meu cu?  Ele já piscou umas três vezes!  Vou controlar porque a hora é das visitas. Lurdes levanta e segurando o pau do tio, o   chama para irem ao quarto. As outras tomam o mesmo rumo. E lá na alcova da ex-senhora Lurdes a putaria vai ser total. Como os familiares da Rosa estão de viagem marcada para dentro de dois dias, tinham mais é que aproveitar.  A Loira que foi ao banheiro, chega até onde estou, me abraça e diz: “Corno!  Você é maravilhoso! Adorei por você ter dado para o Papi! – Aproveita querido!  Depois de amanhã vamos embora! A mão dela desse e acaricia meu pau duro. Rola um beijo, e o zíper da bermuda é aberto. Meu pau é puxado para fora. A Loirosa se agacha e abocanha os meus 18 cm. Que boca deliciosa!  Chupa minha linda chupa!  Ela faz. Sinto que ela quer meter tudo mesmo que vá até a garanta. E foi! A sequência é irresistível. Estou a ponto de explodir em gozo.  Ela aprimora as chupas, se dedica um pouquinho a umas mamadas e a minha porra vem e enche a boca da gostosa que não desperdiça uma gota se quer. Igual a mãe   na noite de ontem. Com a boca esporreada, A Loira se levanta me beija e volta para o quarto. Não sai da minha cabeça o pau do tio. Digo para mim mesmo: “Verdade!  Vou aproveitar e sentar nesse cacete ainda hoje.”  Meu cu passou o dia tipo lampadinhas de Natal.  Piscava sem parar. No quarto a Iva gozava na boca da filha. Rosa chupava a Loira que como disse, era chupada pela mãe enquanto Lurdes de 4 estava levando no cu!   No cu?   Lurdes levando no cu?  Estava!  E não vi num primeiro minuto o cacete do tio.  Estava atolado na bunda da minha esposa/puta.  Ela me vê e …. – CORNINHO!  Tens razão!  O pau do tio é muito gostoso no cu!  UIIIIII     FODE TIOZÃO FODE…COMPLETOU LURDES.  Pintou um ciumezinho e foi só!  Ninguém no quarto ficou sem gozar.  O tio depositou no cu da minha esposa/puta uma enorme quantidade de porra. Da Buceta da tia Iva, escorria o maravilhoso suco do amor. Rosa aproveitou tudo. A Loira foi deslumbrante nos detalhes e gozou tocando uma siririca. Tinha enfiado no cu   o   consolo de 21 cm que por si só   vinha para fora e a Iva o colocava novamente. Olhei para o pau do tio que se retirava do cu da minha esposa. Estava lambuzado de porra e ainda duro. O tio vem, e me diz: ‘Depois é tua vez.”  Sim!  Vai ser melhor do que ontem!  completei, fui para a cozinha e comecei a preparar um salgado para tirar o gosto de porra de todas as bocas. – Acabei ficando para depois de amanhã, mas não fiquei sem levar. Toca o telefone da Rosa. É o filho avisando que chegará no final da semana e vem com um amigo da faculdade.  Amigo esse que acabou comendo a Rosa, ou melhor, foi comido pela Rosa na frente do filhote que entrou na putaria e meteu no cu da mãe. Os dois meninos fizeram uma DP com a puta Rosa ou seja:  Um na Buceta, outro no cu. Olha!  Vou mudar um pouquinho. FAMILIA QUE FODE UNIDA, JÁ MAIS SERÁ MAL-FODIDA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *