Iniciando tudo

Iniciando tudo

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Desde muito nova sempre fui safadinha, me lembro dos meus primeiros contatos vaginais com prazer, olhando os atores das novelas, e indo dormir com a buceta esfoladinha de tanto esfregar.

Meu nome é Marlise, e hoje vou contar como minha vida sexual iniciou…

Muito nova brincando na casa da avô com os primos e primas, eu e Augusto somos os primos mais velhos com 2 anos de diferença, sempre nos destacamos entre os menores.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Verão, piscina, férias…

Brincadeiras rolavam, e eu começei sentir algo estranho com meu primo Augusto me agarrando nas brincadeiras da piscina.

Era tesão e eu não sabia…

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Entre uma agarrada e outra a coisa foi esquentando, de supetão tipo sem querer taquei a mão na bunda do meu primo, e ele respondeu na mesmo moeda, então passei a mão no pau dele por cima da sunga, e minha pepeca sentiu a mão dele roçar.

Olhares definiam muita coisa…

Resolvemos brincar de esconde esconde, pensei logo que seria um bom momento para roubar um beijo do primo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Nos livramos dos pequenos se escondendo no quarto que ficava no quiosque da piscina, lógico que nos trancamos lá dentro.

Rapidinho naquele climão, rolou um beijo muito exitante, sem demora senti a mão dele subir pela minha coxa, nossa era gostoso demais.

Muito safada taquei a mão na pica dele por cima da bermuda, ele retribuiu pegando meu seio e acariciando.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Logo decidi dar o próximo passo:

– Mostra o teu que mostro a minha!

Sem pensar muito meu primo coloca o pau duro pra fora, era uma puta novidade para mim, um pau! E durinho como pedra, coloquei a mão e com jeitinho o Augusto me ensinou a bater uma pra ele.

Nisso tudo eu já havia esquecido:

– Mostra a sua!

Tirei meu biquini, e deixei minha bucetinha ao vivo pro primo, que todo carinhoso colocou sua mão macia sobre ela.

Sentados na cama de solteiro do quiosque, brincavamos um com o outro deitadinhos.

Baixinho ele pediu pra encostar o pau na minha bundinha, e eu deixei lógico.

Pau duro e pulsante, aquela cabecinha grande roçava minha bundinha, logo ele colocou entre minhas nadegas, esfregava bem devagar, eu sentia prazer pela primeira vez com uma pica de verdade.

Logo aquele pau começou roçar meu grelinho e minha bucetinha virgem, sim o safado queria me comer ali mesmo.

Sempre tive medo de muitas coisas, mas nesse dia pensei, se fosse pra ele comer algo, minha buceta é que não seria.

Direcionei o pau para a entrada do cuzinho…

Muito lentamente aquele pau foi abrindo caminho para dentro de mim, até entrar todinho no meu traseiro.

Bastaram algumas estocadas pra ele gozar, me deixou toda melecada, arrombou meu cuzinho e gozou dentro.

Eu não queria parar, então chupei o pau dele até subir de novo, daí não teve jeito, dei o cuzinho pra ele de novo, sentando em cima do pau.

Agora toda aberta, senti meu corpo tremer de um prazer tão intenso, eu estava gozando e não sabia.

Não podia ser diferente, deitei na cama e meu primo por cima, comeu minha buceta inchadinha e virgem.

Ele nunca havia comido ninguém, fizemos tudo juntinhos naquela tarde, agora toda gozada na buceta, não deu tempo do Augusto tirar.

Sentir o pau desaflorando minha pepeca foi muito gostoso, nada de dor, tudo o que senti foi prazer e tesão.

Toda vez que me encontrava com o primo queria aquele orgão quente e duro dentro de mim, ele me comia gostoso como ninguém jamais me comeu.

Anos depois ele namorava e ainda passava lá em casa me comer, fui sua musa preferia por anos.

Hoje sou casada, sinto saudades, ele não esta mais entre nós, mas com certeza jamais vou esquecer das trepadas e gozadas juntinhos, nos lugares mais improváveis.

Esse é o meu maior segredo…

FiM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *