Iniciando Tudo: Eu gosto assim

Oi gente, tô voltando pra continuar os meus relatos

Pra quem não me conhece procura aí os contos Iniciando Tudo

Meu nome é July, 19 aninhos

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Continuando minha vida de submissa, um certo dia recebo a mensagem do meu Dono dizendo que iria me pegar na escola no dia seguinte, acho que era uma Terça Feira, meu coração gelou e eu já comecei a pensar o que iria dizer a minha mãe pra não voltar pra casa após a aula

Então me veio a ideia de que eu iria fazer um trabalho após a aula e só chegaria em casa no final da tarde e pra não se preocupar que estaria com minhas amigas na Biblioteca da cidade

Fiquei a aula toda na expectativa de nosso encontro,

É incrível como uma simples mensagem dele mexe comigo dessa forma, as horas não passavam, me dava sede a todo minuto e mal conseguia prestar atenção nos professores

E depois passada essas horas que pareceram semanas… bate o sinal, peguei minha mochila e já saí quase que correndo, então veio um menino e disse que queria falar comigo, eu com pressa perguntei se não poderia falar amanhã e ele respondeu que era rapidinho e poderia ser andando até a saída mesmo

Perguntei o que era e ele logo foi dizendo que era muito afim de mim e que queria sair comigo, eu nem sabia o que responder, era um menino bonito e eu antes de iniciar essa minha vida de submissa até já dei umas olhadas pra ele, mais naquele momento eu não queria mais ninguém e disse que estava focada nos estudos e que não queria me envolver com ninguém agora, e já na saída da escola vejo o carro do meu Dono parado me esperando com os vidros escuros e fechados, me despedi do menino e ele não sei porque me pegou pelo braço e me deu um beijo quase que na boca, fiquei sem reação e sai sem dizer nada

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Fui em direção ao carro e logo pensei, será que meu Dono viu, o que ele vai pensar, vai pensar que eu estou com alguém?

Minha cabeça foi a mil, cheguei até o carro e ele abaixou um pouco o vidro e olhando sério disse, Entre.

Entrei e quando olhei pra ele, recebi um tapão na cara e ele logo falou

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

DESDE QUANDO MINHA CADELA TA SAINDO COM AQUELE CARINHA E EU NÃO TO SABENDO?

(Mais tarde ele me disse que sabia que eu não estava saindo com ninguém, o que ele gostava era de me humilhar mesmo rsrs)

E eu respondi… Não senhor não tô saindo com ninguém, eu nem sei porque ele quase me beijou, desculpa por favor

Ele: Da próxima vez vê se não sai da escola dando moral pra qualquer um sua puta

Eu: Sim Senhor me de desculpa isso nunca mais vai se repetir

E aí ele me pegou no cabelo e me deu beijo tão gostoso que minha bucetinha ficou melada e me disse pra não perdermos tempo e que estava com saudades de mim

Fomos para o motel e no caminho ele mandou eu tirar minha calça, tirei e ele ficou passando o dedo na minha buceta e eu, sem pedir ou pensar fui pegando eu seu pau e tirando da calça e comecei a bater uma punheta

Não me aguentei e pedi pra chupar e ele só sinalizou com a cabeça me dando autorização, enfiei a boca nele e mamei como uma cadelinha com fome, antes mesmo de chegar ao motel eu engoli porra sem desperdiçar nenhuma gotinha ajoelhada no banco do carona

Chegamos ao motel e entramos no quarto, ele se sentou na poltrona e me mandou sentar na cama, ficou um tempo me olhando sem dizer nada, me encarava e eu pensando no que será que ele estava pensando, logo ele me disse..

Você é linda, a mais especial de todas, quando te conheci pensei que fosse apenas uma menina com fetiches de ser dominada e que logo iria desistir, apesar de ter visto um grande interesse seu em tudo isso e vc me surpreendendeu

Fiquei de coração mole por ele ter dito isso, as vezes um elogio carinhoso também é bom né rsrs

Mandou eu me aproximar e ajoelhar em meio suas pernas, encostei minha cabeça no seu colo como se estivesse pedindo carinho e ele logo entendeu, alisou meus cabelos, me beijou o rosto e eu me sentindo apaixonada

Comecei a alisar o pau dele e logo já estava com ele na boca, ele me mandou parar e tirar toda a roupa antes de continuar, e assim fiz e voltei a mamar aquele pau gostoso, parei por um momento e tirei seus sapatos e toda a calça, e ali no chão de quatro comecei a beijar os pés dele, a chupar os dedos eu sentia um tesão fora do comum em ficar no chão e ele me olhando de cima pra baixo, aquele era meu lugar, em seus pés

Fui subindo até seu pau novamente que estava muito duro pulsando e eu de uma vez soquei inteirinho na boca, já estava ficando boa em engolir ele e segurar na garganta sem precisar que ele force minha cabeça

Mamei por um tempo, batendo ele em minha cara cuspindo, engasgando, chupando outra vez e ficando toda babada, logo ele vendo que iria gozar me deu ordem de parar e deitar na cama, veio pra cima de mim e chupou minha buceta, chupou apertando minhas coxas, as vezes segurava meus peitos e eu gemendo na sua língua, não deu pra aguentar e gozei gostoso em sua boca

me levantei e pedi pra ele me fuder

Fiquei de quatro toda empinada

Ele veio lamber meu rabo me deixando louca e implorando por seu pau, coloquei as duas mãos na bunda e a cara na cama e me abri ainda mais

queria aquela língua dentro do meu cu

me dava tapas na bunda, parecia que queria me torturar, gozei novamente e deitei na cama sem forças

Ele foi até o frigobar pegou uma bebida pra nós e ficamos agarradinhos na cama sem dizer nada um pro outro

Mais eu como puta que sou estava insaciável queria o pau dele no meu rabo

comecei a fazer carinho nele beijar o peito e fui descendo até chegar no pau dele e comecei a mamar outra vez (adoro chupar, amo mesmo)

Olhei pra ele com carinha de safada e disse, fode minha boca por favor

Ele se levantou, ficou em pé na cama e me colocou de joelhos segurando meu cabelo praticamente com as unhas

começou a fuder minha garganta, me dava tapas na cara, me xingava de vadia, dizia que era pau que eu queria, e que vagabunda como eu enquanto não ter um pau no rabo não sossega

Minha baba escorria e ele ainda cuspia mais na minha cara, estava toda melada que escorria nos meus peitos e na buceta e comecei a esfregar ela enquanto meu Dono usava minha boca sem dó

Me mandou ficar de quatro toda envergada, e com a própria baba lubrificou meu cuzinho e meteu de uma vez, vi estrelas mais eu queria aquilo

Fudeu forte sem parar, eu gritava e dizia que sou a puta dele, que ele me fez ser essa vagabunda escrava vadia e suja que ele gostava, que meu corpo é pra ser usado como ele desejar

Ele tirava o pau quase por inteiro e socava tudo outra vez, segurando meu cabelo puxando pra traz parecendo que queria tirar meu pescocinho fora do corpo, minha bunda estava toda vermelha dos tapas sentindo que ele estava prestes a gozar eu implorei pra gozar na minha boca, queria sentir o gosto do seu leite

Ele tirou o pau duro meu cuzinho e prontamente eu estava de joelhos de boca aberta e língua pra fora a um centímetro do seu pau esperando ele jorrar na minha cara

Senti o primeiro jato direto na garganta e cai de boca chupando o pau dele, segurei todo o leite na boca sem engolir

cuspi na minha mão e olhei pra ele como a mais feliz das putas

e da minha mão joguei pra minha boca novamente e esfreguei na minha cara

levei um tapa e outra cuspida na cara e ele me chamou de cadela porca, e eu só agradeci por ter me permitido dar prazer a ele

Fomos tomar um banho juntos ele me lavou carinhosamente, e disse que tinha um presentinho pra me dar

ele saiu do banho primeiro e foi até o carro

quando sai ele estava com uma caixinha e me disse pra abrir

quando abri era um plug daqueles de jóia anal

pegou da minha mão e me colocando de quatro enfiou no meu cuzinho e tirou algumas fotos

Mandou eu me vestir e ir embora plugada.

Uso sempre a jóia que ele me deu, inclusive escrevendo esse relato ela está dentro do meu rabinho e só vou tirar a noite quando for tomar banho e volto a colocar pra dormir

E foi assim ele me deixou próxima a minha casa e eu fui embora com minha mochila e a roupa do colégio com o plug no meu cuzinho toda feliz por ter passado a tarde sendo fodida como eu gosto

Espero que estejam gostando, o próximo vou relatar a minha primeira experiência com outra mulher, que me usou a mando do meu Dono

Bjos gente e obrigada por ler meus relatos

[email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *