Marido enrabado com a esposa

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Nesse final de ano resolvemos fazer uma viagem só eu e minha esposa para aproveitar e fazermos algumas aventuras.

Chegamos em sao Paulo ainda era dia e nos acomodamos em um hotel, sendo que apos um banho e um lanche começamos a olhar alguns sites de garotos de programa.

Apesar de muitas fantasias ainda não tínhamos colocado esse desejo em pratica. Nós dois queriamos sair com outro homem e que ele me penetrasse enquanto eu gozava na boca dela.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Depois de muita procura ela encontrou um casal de homens que atendiam juntos. Ela ligou para eles e ajustou de irmos ao local que atendiam.

Seguimos para o local . Era um apartamento bem confortável. Depois de um breve batepapo nos despimos e comecei a beijar minha mulher. Ela ja estava com a bucetinha tão melada que escorria pelas pernas, do jeito que eu gosto.

Não perdi tempo e lambi bastante aquela bucetinha melada, levando aquele melzinho para a boca dela.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Enquanto passava aquele mel para a boca dela os dois rapazes colocaram as rolas para a gente chupar juntos.

Não eram muito grandes, mas as duas eram grossas, lisinhas e cabeçudas.

Minha mulher ficou doidinha com aquilo. Ela chupava um e eu o outro, sendo que as vezes nos beijavamos e os paus ficavam roçando nossos labios.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Deitamos na cama e minha mulher disse que queria ver os dois paus em mim. Um deles colocou o pau para eu chupar e minha esposa tratou de lambuzar bastante meu cuzinho com lubrificante e chamou o outro.

Ela mesmo segurou o pau do rapaz e levou para a entrada de meu cuzinho. Como era bem grossinho, ela primeiro colocou o dedinho dela para relaxar. Depois colocou dois e lubrificou mais um pouquinho.

Depois ajeitou a cabecinha na entrada do cuzinho e comecou a forcar um pouquinho.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Para que não doesse, pedi ao rapaz que ficasse quieto que eu faria os movimentos.

Enquanto isso, eu chupava o outro, que ja estava babando todo em minha boca, ao tempo que minha rola tambem estava pingando e minha mulher lambia cada gotinha.

Passei a forcar meu cuzinho contra aquela rola, que a cada momento entrava um pouco mais, ate que senti as bolas dele batendo em minha bunda.

Ao ver aquela cena minha mulher começou a gozar loucamente, como nunca havia gozado antes.

O rapaz começou a bombar aquela rola em meu cuzinho e minha mulher ficou deitada chupando minha rola. Pouco tempo depois o que me comia colocou até encostar as bolas e comecou a gozar. Senti ele encostando bem fundo em meu cuzinho e o pau dele inchando e jorrando jatos de porra la dentro. Minha mulher segurava nas bolas dele so para sentir as contrações em minha bundinnha.

Depois de gozar bastante ele tirou o pau e comecou a escorrer muita porra de meu cuzinho. Minha mulher começou passar a mão na porra e colocar tudo para dentro de meu cuzinho, que ficou todo lambuzado e relaxado.

Eu tambem nao aguentei e comecei gozar, tendo minha mulher logo levado sua boca, que ficou toda gozada. Logo em seguida ela levou tudo para minha boca, que ainda estava ocupada com o outro pau.

Esse que eu chupava também anunciou que iria gozar. Minha mulher tirou o pau dele de minha boca e comecou a me beijar loucamente, deixando o pau do rapaz encostado em nossos lábios.

O rapaz começou a gozar em nosso beijo e cada um de nós lambia a porra da boca do outro, até nao sobrar nenhuma gotinha.

Depois de um banho geral voltamos os quatro para a cama. Eu e minha mulher nos deitamos um de frente para o outro e comecamos a nos beijar. Cada um dos rapazes veio atras de um de nos. Lambuzaram nossos cuzinhos com bastante lubrificante e comecaram a nos penetrar.

Como eu havia sido enrabado minutos antes o que me penetrava logo colocou tudinho e comecou um vai e vem bem devagarinho.

O que enrabava minha mulher colocou só a cabecinha e ela sentiu um pouquinho.

Para ajudá la passei mais lubrificante no cuzinho dela e comecei a masturbar sua bucetinha, que ja estava toda babada.

Logo ela foi enrabada até o talo e os dois bombavam em nossos cuzinhos, enquanto a gente se beijava e um masturbava o outro.

Nao demorou para aquela explosão ao mesmo tempo. Sentia o que me bombava gozando dentro de meu cuzinho, minha mao sentia a bucetinha dela latejando e outro pau inchando no cuzinho dela, enquanto eu esguichava jatos de porra na mao dela.

Depois daquela explosão só nos restava outro banho e voltar para o hotel.

Mas a noite, ao lembrarmos daquela aventura, ainda achamos energia para uma gozadinha de leve. Coloquei meu pau ainda meia bomba na bucetinha dela e ficamos nos beijando de forma bem carinhosa, até que gozamos novamente, agora aquele gozo bem fraquinho, mas bem gostoso e intenso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *