Meu primo tirou minha virgindade.

Meu primo tirou minha virgindade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Olá, depois de algum tempo estou voltando a conta mas uma de minhas estórias, agora aonde tudo começou a minha vida sexual da qual não gostava de lembra devido ter sido o safado do meu primo tirado a minha virgindade não era como eu queria e nem imaginava, tudo começou quando a minha avó adoeceu, e ela teve que fica hospitalizada, a minha mãe vivia no hospital, sempre revesava com a minha tia, e a mamãe não gostava de deixar eu com meu irmão sozinhos em casa, e o enxerido do meu primo sempre se prontificava a ficar conosco, quando uma certa vez o meu primo deu dinheiro pro meu irmão pra jogar videogame na rua, assim fiquei sozinha com meu primo, eu estava na sala assistindo tv quando de repente o bonitinho começou a fechar a janela da sala e olhei sem entender nada mas fiquei na minha, inocente, fechou a porta e depois ele sentou do meu lado, por um tempo ficamos calados e de repente eu virei e perguntei pra ele pq ele havia fechado toda a casa, ele deu um sorriso de safado e falou que queria fica a vontade comigo, e eu brinquei falando: coitado tão novo, e sorrimos, aí ele fala vem cá prima no quarto e foi logo me puxando pelo braço e eu disse que não tinha perdido nada lá dentro, mas por ele ser homem me puxou com força e foi me levando pra dentro do quarto que era da mamãe pq a cama era de casal, chegando lá ele falou assim: eu sei prima que vc é virgem e eu estou doidinho pra te comer e eu sem entender nada fechei a cara e disse sério pra ele: tá ficando doido primo!! O safado falou que sim que estava doido de tesão e não queria bater punheta, mas que ia me fude e eu ia gosta e me jogou na cama, como eu estava de saia ele só fez puxa a minha calcinha, nessa hora foi muito rápido eu tentei me sair dele mas ele foi mas esperto e por ser homem ter mas força conseguiu segurar meus braços e conseguiu me mobilizar, ah esse homem ficou doido, ele sabia que estava errado em me pegar a força, e falou assim pra mim bem baixinho e com a cara de safado e ao mesmo tempo de cachorro pidão kkkk eu lembro como se fosse hoje a cara dele, ele realmente estava disposto a me fuder e sabia que a força não seria legal e falou assim pra mim: prima deixa eu te comer deixa, eu não quero bater punheta, deixa eu te comer bem gostoso, vc vai gosta, vou ser bem carinhoso contigo, beijou a minha testa e falou que ia me solta mas que não ia desistir enquanto não enfiasse o cassete dele dentro de mim, eu confesso que fiquei assustada com tudo aquilo, cheguei a chorar um pouco por causa daquela confusão todo e sabia que estava encurralada, ele me soltou, e ainda em cima de mim falou vai doer só um pouco, gente ele estava com uma cara de tarado que meu pai amado só eu sei, ele se levantou e eu lá imóvel em cima da cama, ele estava só de short, ele abaixou o short e o pau dele estava tesinho, pronto pra me penetra, eu virei o rosto de lado mas ele com carinho me acariciou o rosto e disse: eu só quero gozar prima, ele veio pra cima de mim e beijou na minha boca eu senti a língua dele dentro da minha, mas eu não sabia beijar direito e logo que acabou de mim beijar me deu um selinho, foi nessa hora que eu senti o pau dele forçando a minha vagina, aí eu suspirei sem entender o q realidade estava sentindo, e apertei ele e sussurrei no ouvido dele dizendo que estava doente e ardendo um pouco, mas ele disse que era normal senti aquilo e forçou um pouco a mais a minha boceta me dando selinho na boca, e forçou mas ainda, foi quando senti o caralho dele já dentro de mim no vai e vem, eu dei um suspiro eu acho que estava gostando daquilo quando eu de repente ele fala que ia gozar, ele deu uma sussurrada bem forte e disse vou gozar prima gostosa, caralho e

que gozada gostosa ele deu fiquei toda melada de porra, ele deu umas duas forçadas com a pica dele dentro da minha boceta e depois saiu de cima de mim, eu levantei e fui me lavar…

Depois desse dia, ainda transamos muitas outras vezes, mas aí eu já estava gostando de ser fodida pelo meu primo e muitas das vezes era eu que procurava ele pra gente transar…

Espero que vcs tenham gostado do meu conto até a próxima bjs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *