Minha cunhada me masturbou gostoso até eu acordar.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Oi sou o Erico, tenho 22 anos e vou contar como uma safada me masturbou. A minha cunhada gostosa chamada Andressa foi quem viu e tudo começou a ficar safado entre nós dois. Ela é namorada do meu irmão há 5 anos, tem 24 anos e eles estão planejando casar, então vocês já tiram daí o problema grande em que me meti.

Eu ainda moro com meus pais, e toda vez que meu irmão vem aqui com ela, a safada faz questão de andar rebolando só pra eu ficar de olho. Ela tem seios médios bem durinhos, uma barriga chapada e coxas grossas bem torneadas, já que ela é viciada em academia e trabalha esse corpo diariamente. É bem gostosa mesmo, o tipo de mulher que eu ainda não tinha pego.

Meu irmão sempre traiu ela, as vezes ela chegava aqui chorando e ia desabafar com minha mãe alguma traição dele, mas depois eles ficavam de boa e voltavam a se relacionar como se nada tivesse acontecido, e o meu irmão voltava a aprontar. Mas indo direto ao ponto, vou contar como foi que rolou a chance de comer ela.

Uma época meu irmão viajou pra fazer o mestrado dele. O Bruno, meu irmão, costumava ficar pelo menos 15 dias fora quando isso acontecia, e a Dessa passou a vir aqui em casa com mais frequência, mesmo ele não estando aqui, o que não era algo comum, já que sem ele, ela andava pouco aqui em casa.

Minha mãe e meu pai tem uma pequena escola e foram trabalhar logo cedo. Eu que sou meio vagabundo, fiquei em casa dormindo. Do nada acordei meio atordoado e senti minha cunhada pegando no meu pau. Na hora achei que era um sonho, não sei explicar, eu tava bem sonolento e tomei um susto.

Quando me viu de olhos abertos ela fez um sinal pra eu ficar calado e disse pra eu relaxar e curtir. Não questionei mais, ela ficou tocando uma punheta pra mim, eu relaxei e aproveitei os toques dela. A safada não fez mais nada além de tocar uma punheta, eu pedi pra ela me chupar mas ela disse que queria me deixar com vontade de repetir, então ia ficar só naquela. Eu tentei tocar em seu corpo, ela não deixou, confesso que isso me deixou com mais tesão, esse joguinho de bancar a difícil.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Depois de me masturbar ela acabou me fazendo gozar gostoso em sua mão. Vi meu leite grosso escorrer pelos dedos dela e a safada começou a lamber um por um. Cara, isso me deixou muito excitado, eu não ia sossegar enquanto não comesse essa mulher, mas ela simplesmente levantou, foi ao banheiro, depois saiu e disse que ia pra casa dela, e eu fiquei lá com aquela vontade de fazer mais.

Minha cunhada não saia da minha cabeça, pensava nela e automaticamente ficava de pau duro e me masturbava pensando naquela safada, eu tava sem aguentar, precisava muito dar um jeito de levar ela pra cama. Um dia eu sabendo que ela ia aparecer aqui, esperei meus pais saírem fui pra sala, sentei no sofá e comecei a tocar uma punheta sabendo que ela ia entrar a qualquer momento.

Depois de uns 10 minutos ela apareceu, eu tava com o pau doendo já de tanto tesão. Ela tomou um susto quando abriu a porta e me viu de pau duro, mas eu fui bem cara de pau, olhei pra ela e perguntei se ela não queria dar uma chupada. A safada chegou na hora, se ajoelhou e ficou olhando minha pica dura com a maior cara de vadia. Ela caiu de boca, começou a me chupar gostoso, primeiro lambendo a cabecinha, depois chupando as bolas e voltando a lamber a base do meu pau, depois finalmente ela engoliu tudo e pagou um boquete gostoso.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Ela me chupou gostoso demais, comecei a movimentar o quadril pra socar naquela boquinha gulosa, não dei descanso pra ela e a safada ficou toda babada na minha pica. Fiz questão de dizer o quanto ela chupava gostoso e quanto mais eu elogiava, mais ela abocanhava minha pica até o talo. Depois de receber um boquete caprichado eu quis retribuir, coloquei ela bem abertinha na cama, elevei as pernas da gostosa, me ajoelhei e comecei a beijar as suas coxas até chegar na bucetinha. Chupei seu grelinho bem inchadinho, lambi, suguei e também enfiei a língua dentro da sua bucetinha, comecei a penetrar e sentir aquele líquido quentinho dela invadindo minha boca.

Eu tava com a pica latejando, interrompi a chupada, sentei na cama e puxei ela para o meu colo. A partir daí foi só metendo, encaixei meu pau todo dentro dela e foi o suficiente pra ela começar a gemer igual uma putinha e falar que tava bem gostoso. Segurei na sua bunda tesuda e comecei a controlar os movimentos dela, fazia ela mexer para frente e pra trás e quicar em cima da minha vara.

Ela apoiou as mãos pra trás, se arqueou inteira e eu sentado me abaixei pra alcançar os seios dela. Comecei a chupar seus peitos gostosos, ela passou a gemer mais alto e arranhar minhas costas. Fiquei bombando um tempão na buceta dela, tava excitado pra caralho e ela também, sua lubrificação até molhava meu pau todo, deixando ele bem ensopado e deslizando fácil dentro dela.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Ela pediu pra eu comer ela de quatro e na hora eu botei ela na posição e comecei a socar fundo na bucetinha dela. De quatro é uma delícia para o pau entrar bem fundo e bater minhas bolas na entradinha dela. Foi uma sacanagem bem quente entre a gente, perdemos até a hora, suados, metendo gostoso e com aquele cheiro de sexo por todo o quarto. Eu senti que não ia aguentar por muito tempo e avisei que ia gozar. Minha cunhadinha bem safada mandou eu gozar dentro, aproveitei e inundei sua buceta com mais porra e deixei ela bem meladinha.

Foi uma trepada bem quente, voltei a chupar ela até a safada gozar na minha boca, faltava pouco tempo pra minha mãe voltar, tomamos banho e fomos pra sala conversar como se nada tivesse acontecido, mas depois disso não parei mais de comer a mulher do meu irmão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *