O despertar da inocência

O despertar da inocência

Após levar um tombo na escola Clarissa começou a sentir muitas dores na coluna e no adutor da coxa direita , depois de vários exames , ela foi encaminhada para fazer sessões de massagem e fisioterapia, e o professor de educação física da escola me indicou a clinica do seu irmão aqui mesmo no bairro.

Marcão um negro enorme muito simpático com quase dois metros de altura ex boxeador peso pesado era o fisioterapeuta e massagista que nos atendeu cheio de gentilezas. E fez um preço razoável e ate mesmo dividiu em cinco vezes as vinte sessões .

Mas como eu trabalhava durante o dia e minha esposa dependia da escala no seu serviço ficou combinado de ele nos atender as oito da noite todas as quartas feiras , ele fazia questão de ter um acompanhante adulto pois ela era menor de idade e ainda teria que ficar de biquíni nas sessões .

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Na primeira sessão eu fiquei impressionado com a postura profissional dele que após nos conduzir ate uma sala onde tinha uma maca, uma cadeira um balcão com vários apetrechos, e um biombo onde Clarissa foi se trocar .

Constrangida ela veio muito envergonhada ate a maca onde se deitou de bruços ele já com luvas nas mãos colocou uma pequena toalha sobre suas nádegas despejou óleo sobre seu corpo e começou os procedimentos com muita suavidade perguntando a todo momento onde ela sentia mais dor, suas mãos trabalharam com vigor e muito respeito sobre o corpo dela e quando ela se virou ficando de barriga para cima ele colocou a toalha entre suas pernas sobre a calcinha do biquíni e para deixar ela ainda menos constrangida colocou outra fina toalha sobre seu rosto.

Sentado ali ao lado eu acompanhava tudo e o profissionalismo dele, era marcante pois dava para notar o respeito que ele demonstrava ter, e admirei aquele homem enorme vestido todo de branco com suas mãos negras sobre o jovial corpinho da minha filha e mesmo que seu comportamento fosse respeitoso algo me incomodava e mexia comigo .

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Então pela primeira vez na vida eu olhei minha menina com outros olhos , os cabelos amendoados que iam ate um pouco abaixo dos ombros , seus seios eram medianos redondinhos sua cintura fina e apesar de ter quinze anos suas ancas já eram largas e suas coxas roliças e grossas , quis eu juro que quis afastar estes malévolos pensamentos da minha cabeça mas eu estava tendo uma tremenda ereção como a muito tempo eu não tinha, mas refutava sobre qualquer hipótese nutrir desejos sobre minha filha .

A sessão terminou e desta vez o constrangimento era meu pois foi com dificuldades que me levantei tentando esconder minha involuntária ereção enquanto ela se dirigiu para atrás do biombo para se vestir ,eu disfarçadamente ajeitei meu pau mas notei no olhar dele que ele percebera o que estava acontecendo comigo , envergonhado nem tive coragem de encara-lo .

Mas ouve duas ou três sessões mais e eu controlava meus impulsos para que não acontecesse novamente , ele não fez um único comentário sobre que ocorrera naquela noite como se nada acontecera ,mas algo estranho despertava aos poucos dentro de mim sem que eu conseguisse entender ou explicar .

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Por outro lado Clarissa não estava mais inibida como antes e por incrível que pareça estava muito solta nas sessões e já vinha agora com seus ousados biquínis nas sessões parecendo querer se exibir se mostrar para nos , havia uma certa liberdade e cumplicidade com ele que era só elogios para ela que desinibida ficava conversando e rindo descontraída completamente relaxada .

Naquela noite eu fiquei com meus hormônios em ebulição depois de ver ela vestida num biquíni branco que mal tapava seus seios e a calcinha fio dental do biquíni deixava a mostra toda sua branca bundinha maravilhosa , ele massageava suas coxas e isto me excitava não que eu a desejasse mas ver aquelas mãos enormes sobre o corpo dela me dava uma estranha excitação .

Foi então que notei , no rosto dela um jeito diferente pois parecia que ela respirava ofegante com certa dificuldade e parecia ate que ela estava dando languidos gemidos abafados prazerosos .

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

,Mas para espantar meus demônios queria crer pra mim mesmo que ela estivesse sentindo alguns incômodos com as massagens na coxa que antes estivera dolorida e que minha mente poluída estava imaginando coisas .

Ele então falou que parecia haver um inchaço bem na virilha dela e me chamou para ver , eu estava de pau duro e me levantei tentando dissimular meu estado ele sorriu parecendo zombar de mim e colocou aquela fina toalha sobre o rosto dela se afastou um pouco da maca e pude notar a enorme e espantosa ereção que ele também estava tendo , e que com certeza queria que eu notasse para testar minhas reações , então vendo que eu percebera tal fato e não protestara ele abriu um pouco mais as pernas dela e foi massageando entre suas coxas reluzentes pelo óleo aplicado nelas , ate que tocou sua rachinha com um dedo e olhando pra mim perguntou sarcasticamente se não estava um pouco inchada, disse que parecia estar e admirei aqueles suaves pentelhos acobreados que escapavam do seu sumario biquíni ,estavam úmidos pelo suor que escorria do seu corpo, enquanto ele percorria toda sua racha tocando levemente com suavidade .

Então ele puxou sua calcinha de lado deixando os rosados lábios da sua grutinha a mostra , percorreu toda extensão da fenda fazendo ela dar um longo e choroso gemido ele então tirou a toalha do rostinho dela que tinha os lábios contraídos seus olhos fechados estavam chorosos , mas era um choro prazeroso cheio de luxuria pois ela estava em êxtase , e sua linguinha umedecida serpenteava em suas boca e ela mordiscava seus próprios seus lábios e um prazer imenso aflorava em seu rosto .

Sentindo-se tocada creio pela primeira vez ,pois eu tinha quase certeza que ela ainda era muito inexperiente e ingênua . mas não havia duvidas que Clarissa estava correspondendo aqueles estímulos,parecendo em transe sentindo aquela língua percorrendo toda sua racha e descobrindo os prazeres carnais .

Ela soluçava as lagrimas escorriam pelo seu rosto parecendo estar possessa .

Deu um uivo igual a um animal ferido quando com suavidade ele passava a língua naquela bocetinha rosada que deixava escorrer um mel que abundava deixando a sala impregnada pelo aroma que fluía das entranhas tenras e joviais dela que não podia se conter , e puramente por instinto rebolava na língua que percorria os lábios aveludados encharcados da sua pequena vulva . Seus sucos brotavam em abundancia deixando o rosto dele reluzente e molhado pelo néctar que ele provava .

Gemeu igual uma cadelinha no cio quando ele tocou seu pontudo grelinho que estava intumescido, que mais parecia um botão de rosas encharcado pela seiva que escorria das suas entranhas.

Estático eu não mexia um músculo sequer do meu corpo como se estivesse pregado ali mas gozando intensamente sem me tocar e somente meu pau a pulsar dentro das minhas vestes enquanto ele provava na mais pura fonte dos prazeres o néctar dos deuses .

Vendo ele arrancar seu sumario biquíni deixando a mostra seus seios brancos enfeitados com pequenas sardas, ele acariciava eles os envolvendo com suas enormes mãos amassando-os , cobrindo –os totalmente depois acariciou os bicos pontudos tesos primeiro com ternura depois torcendo eles ate ela gemer gostoso num misto de dor e prazer ao mesmo tempo .

Clarissa uivava igual uma loba faminta sentindo seus primeiros orgasmos que percorrerem todos os seus poros e ensandecida toda arrepiada, rebolava e ondulava seu corpo delirando , seus instintos de fêmea estavam sendo despertos e postos a prova ate onde iria os limites de Clarissa?.

.

Ali bem a minha frente me deixando enfeitiçado como se uma magia encantada estivesse me dominado, eu me sentia hipnotizado sem ter nenhuma reação nenhum protesto , e minha mente insana não queria perder um detalhe sequer daquelas cenas que como se fosse uma filmagem passava ante meus olhos.

Confesso que por mais estranho que possa parecer eu não tinha nenhum desejo de tocar o corpo dela , pois eu abominava tal ato entre pai e filha , mas a excitação que eu sentia vendo ela a mercê daquele gigante era algo doentio, [ hoje sei que isto se chama voyeurismo ] pois o que mais eu desejava era presenciar ela ser arrombada violada ao extremo , ansiava para isto acontecer para me saciar simplesmente como um espectador .

mas ela desfalecera e inerte sucumbira , aos seus seguidos gozos não resistindo aqueles prazeres intensos , nunca antes sentidos nem imaginados que a deixaram molemente esgotada , deitada como um feto sobre aquela maca inerte , ela aos poucos se refazia daquela letargia que sentia , extenuada desceu da maca cambaleante amparada por ele que a levou para que se recomposse , e assim ele encerrou a sessão satisfeito pois certamente queria corromper ela aos poucos , domando-a sem sequelas fazendo dela uma fonte de prazer insaciável , e como se não tivesse acontecido nada ali , a não ser mais uma sessão terapêutica , nos levou ate a porta , um enorme sorriso se estampou no seu rosto quando Clarissa luxuriosa se despediu dele dizendo ate quarta .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *