O mico

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Eu sou a Gi. Sou loira, bonita e tenho 31 anos, 1,65 m de altura, 55 kg, seios médios e durinhos, cintura fina e bumbum lindo. Tenho orgulho da minha bunda, pois é perfeita, no tamanho e formato certos, sem estrias ou celulite. Eu sofro de prisão de ventre e vou ao banheiro duas, no máximo três vezes por semana. Costumava fazer sexo anal com meu ex-noivo, que era bem dotado, principalmente na grossura, e sempre me preparava com supositório e enema para evitar “acidentes”. Um dia descobri que era constantemente chifrada, dei-lhe o pé na bunda e fiquei 2 meses deprimida, sem sair para baladas até que uma noite, uma amiga me arrastou para uma balada.

Conheci um boy lindo. Ele era alto e forte e tinha uma papo envolvente. Nada com um homem para esquecer outro. Beijamos muito e fomos para o motel. Quando ele tirou a calça vi seu pau. Tinha uns 20 cm com grossura proporcional e não tão grosso quanto o pau do meu ex. Ele me chupou maravilhosamente. Nunca fui tão bem chupada na vida. Meu ex chupava bem, mas aquele boy era espetacular. Gozei duas vezes naquela língua maravilhosa. Resolvi retribuir e chupei seu pau com vontade. Fiz garganta profunda com alguns namorados, mas com meu ex não dava, pois seu pau era grosso demais. Forcei o pau do boy na garganta, engasguei várias vezes e antes de conseguir.

O boy colocou camisinha e veio para cima de mim. Meu Deus! Que pica maravilhosa! Ele começou com papai-mamãe até fazer eu gozar, e mudou de posição para frango assado. Gozei novamente e ele me virou de quatro. Mais um orgasmo e ele me colocou no seu colo. Cavalguei até cansar (gozei duas vezes, pois gozo rápido esta posição). Ele nao deixou eu sair de cima, me abraçou e passou a bombar de baixo a para cima feito um louco. Tive o orgasmo mais intenso da minha vida e quase desmaiei. Ele me colocou de bruços e me comeu por trás. Pensei que não conseguiria mais gozar, mas ele fez. Depois foi de ladinho. Eu estava esgotada, quase implorando para ele gozar e ele ainda fez eu gozar novamente. Me colocou de quatro e ainda meteu por mais de 20 minutos. Eu não aguentava mais gozar e ele me proporcionou mais dois orgasmos. Finalmente disse que ia gozar, mas queria na minha boca. Chupei seu cacete e senti jatos fartos de porra na minha boca. Achava o gosto de porra desagradável, mas a dele era deliciosa e pela primeira vez engoli.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Eu havia levado minha primeira surra de pica. O boy me comeu por mais de uma hora, sem contar os vários minutos de sexo oral. Estava satisfeitíssima. Então ele pediu minha bundinha. Eu não queria dar meu cuzinho no primeiro encontro, mas ele havia feito eu gozar tanto que não tive como negar. Ele me chupou gostoso deixando-me bem excitada e comeu minha xoxota. Foi meia hora de pica e gozei aos montes. Achei que ele havia esquecido do meu cuzinho, até que ele me colocou por cima, montada no seu cacete. Enquanto eu cavalgava, ele lubrificou meu cuzinho. Esqueci completamente que não havia feito nenhum preparativo e que não ia ao banheiro há três dias.

O boy me colocou de bruços e com muito carinho e cuidado, meteu no meu cuzinho. Doeu um pouco pois estava há dois meses sem dar o cuzinho, mas foi só no início. Ele começou devagarinho, e quando viu que podia meter mais rápido sem me machucar, acelerou. Aquele pau era mágico. Ele metia gostoso, forte e fundo. O boy mudava de posição sem tirar o pau. Gozei de bruços, de ladinho e de quatro. O mais incrível foi que gozei sem tocar siririca, pois sempre precisei tocar meu grelinho para gozar fazendo sexo anam. Ele me comia a quase meia hora e meu cuzinho não aguentava mais. Eu pedia para ele gozar. Ele deu estocadas mais fortes, cravou mais fundo, urrando alto, e finalmente gozou. Quando tirou o pau, senti que saía algo a mais. Tentei travar o cu, mas depois de dar o cu por tanto tempo, não consegui. Caguei no meio da cama um troço duro, enorme, quase do tamanho do seu pau. A noite acabou aí. Eu queria morrer de tanta vergonha e não consegui encará-lo mais.

Dois dias depois, minha amiga, aquela que me apresentou o boy, me telefonou. O desgraçado havia contado para todo mundo que eu caguei na cama. Nunca passei tanta vergonha.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *