O Uber casado

O Uber casado

Olá sou a Jay, tenho 23 anos, sou branca, cabelos pretos, 1,70 de altura.

Era sábado a noite, eu precisava ir ao shopping, vesti um vestido até o joelho e calcinha preta. Fui sem carro porque estava chovendo muito e eu tenho muito medo de dirigir na chuva então pedir um uber. Na volta para casa chamei novamente um uber, entrei no carro e seguimos, chegando em certo local não conseguíamos seguir pois estar tudo alagado, o motorista tentou diversos caminhos mas todos estavam com enchente e a chuva continuava forte.

Pedi então pra ele parar em algum lugar pra esperar a água abaixar, meu medo era demorar e a corrida ficar muito cara, mas já era um pouco tarde e não tinha onde eu ficar pra esperar a chuva melhorar, já estava perto de casa e as ruas aqui perto são bem desertas de noite.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Paramos e logo estavam os conversando, ele logo me disse que era casado e sua esposa estava mandando mensagem pra ele preocupada por causa da chuva, me disse que tem 43 anos, 2 filhos, tava no uber porque estava desempregado. Falei um pouco de mim pra ele também, e papo vai papo vem, perguntei se ele sofria muito assédio trabalhando na uber, e ele disse que frequentemente e que não era só por mulheres não, disse que muitos homens também davam em cima dele. Mas pensando bem isso já era de se esperar né, então perguntei se ele já tinha deixado rolar alguma vez, ele disse que só boquete e só umas 2 vezes, aí perguntei pela mulher dele oque ela acha disso, ele então disse que ela não precisava saber…

Eu: “bem sem vergonha o senhor hein, tadinha da sua mulher, homem não pode ver um rabo de saia mesmo rs”

Ele:”Eu tendo mas as vezes não da pra resistir, principalmente quando é uma novinha”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Eu:”kkk, você não vale nada”

Reparei que ele mexia toda hora no pau por cima da calça, devia estar excitado com a conversa.

Ele:” a culpa é de vocês mulheres que atentam a gente”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Eu:”vocês? Como assim vocês? Por acaso eu estou te atentando?”

Ele:”ah sei lá, esse assunto… sabe?”

Eu:”hmm, te deixou excitado?”

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Ele:” não posso negar”

Eu estava no banco de trás, então cheguei um pouco pra frente e levei minha mão até o alto volume que seu pau fazia em sua calça.

Eu:”já que você está assim, e nós não tem nada pra fazer até sabe lá que horas essa água vai abaixar pra gente passar, talvez você possa colocar esse pau pra fora e eu ser mais uma que você vai dar de mamar. Oque acha?”

Ele:”acho perfeito, sabia que você tava querendo isso”

Eu: “mas só com duas condições, primeiro que você encerre a corrida e segundo vai pra uma rua mais deserta”

Ele na mesma hora fez oque eu pedi, parou em uma rua mais deserta e desligou o carro, passou pro banco de trás, assim que ele sentou do meu lado e já fui abrindo sua calça e puxei seu pau pra fora, era uma delícia de pica, uns 18cm grosso e meio tortinho. Fui com a boca direto no seu pau, e comecei a chupa-lo, pica deliciosa, chupava e lambia a cabecinha.

Ele:”que boquinha gostosa, chupa meu pau vai gatinha”.

Eu:”seu pau é uma delícia, melhor que das outras passageiras Que te mamaram?”

Ele:”muito melhor”

Eu:”melhor que da tua mulher?”

Ele: “com certeza ”

Eu:”já comeu outra buceta depois que casou?”

Ele:”não ”

Eu fui subindo no colo dele e perguntei:”E que tal comer uma bucetinha que não seja da sua mulher? Mais apertadinha… mais safadinha…”

Ele:”Nossa, você vai me deixar louco garota…”

Ele pegou uma camisinha, colocou no pau , eu afastei minha calcinha pro lado e coloquei minha bucetinha na cabeça do pau dele e fui descendo fazendo seu pau desaparecer na minha buceta e ele gemeu gostoso de tesão, começei a quicar no pau dele e gemendo gostoso pra ele.

Eu:”Tá gostando de fuder outra bucetinha?”

Ele:”demais, sua buceta é muito gostosa, apertadinha”

Eu:”então me fode gostoso, vai safado, come tua puta, mete o pau na tua novinha”

Ele metia gostoso, eu gemia como uma vadia pra ele, tava cheia de tesão sentindo seu pau socando em mim, estava louca pra gozar no pau dele.

Eu:”Aí seu gostoso, porque a gente não tira essa camisinha hein? Primeira bucetinha que você come fora do casamento, não vai querer sentir ela de verdade no seu pau?”

Ele: “sua putinha, continua me surpreendendo, tem certeza que quer sem?”

Eu apenas levantei do seu pau, tirei a camisinha dele e sentei de novo, o safado gemeu alto quando minha buceta engoliu seu pau sem capa, agora sim o tesão tava completo, gozei gostoso no pau dele

Eu:”caralho seu safado, adoro gozar na pica de homem casado… agora sua vez, goza na minha bucetinha vai, da leitinho na bucetinha da tua novinha”

Ele:” droga sua puta, vou te engravidar sua putinha “.

Eu:”Vai seu puto, engravida tua amante, jorra tua porra na minha buceta. ”

O safado gemeu alto e gozou na minha buceta, seu pau pulsava e seu corpo tremia de tanto prazer. Beijei ele, sai de cima dele e fiquei sentada no banco, e com a luz do celular iluminei minha buceta e disse pra ele: “olha seu safado, como você deixou minha bucetinha, toda abertinha e cheia de porra”

Ele:”Eu nem acredito, isso foi demais”

Ele se vestiu, esperamos mais uns 15 minutos até podermos seguir pra minha casa, chegando em casa dei meu número pra ele e disse: “quando estiver enjoado da sua mulher e quiser comer uma bucetinha apertada, me liga rs”.

[email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *