Primeira vez como Cross Dresser

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Sou um homem bonito, alto, de pele bem clara. Tenho poucos pelos no corpo, e mesmo os que tenho aparecem pouco pois são bem clarinhos. Sempre gostei da minha bunda, pois ela é grande e bem redondinha, por isso sempre exercitei para manter ela e as pernas bem bonitas.

A história que vou contar é real, e é da primeira vez que me vesti com roupas femininas. Antes disso a única coisa que eu tinha feito foi ver no espelho como minha bunda ficava em uma calcinha fio dental preta que eu consegui, mas nada além disso. No sexo eu já tinha sido passivo com uma travesti, mas essa é uma história para outro conto.

Eu nunca tinha ficado com casal e estava interessado experimentar, então entrei no chat à procura. A maioria queria homens ativos, mas eu não achava que iria gostar de ser ativo com um homem.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Até que encontrei um casal que disse estar procurando uma travesti. Isso me animou e propus para eles que eu poderia ser a travesti. Pediram para me ver na câmera. Eu fui correndo buscar minha calcinha e abri a cam para eles só de calcinha. Eles curtiram meu corpo e e me chamaram para ir na casa deles.

Vesti uma roupa simples, camiseta e calça jeans, mas fui com minha calcinha por baixo. Chegando lá fui recebido pela esposa, uma mulher alta, pele clara, cabelos castanhos, usando um vestido que deixava suas coxas grossas a mostra, mas o que mais chamava a atenção é o decote que revelava que ela tinha seios grandes.

Ela me levou para o quarto para me arrumar antes que o marido me visse. Eu estava nervoso mas ela era muito simpática e me senti a vontade. Ela separou uma roupa dela para eu vestir. Um vestido preto com sainha curta e alças finas, meia calça arrastão 3/4, que couberam bem em mim. Ela comentou “que raiva, fica mehor em você que em mim” num ar de brincadeira. Para finalizar conseguiu uma sandália com salto, que apesar da diferença de tamanho coube em mim pois era bem aberta com ajuste.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

Ela então começou a me maquiar, com batom e maquiagem nos olhos. Olhando no espelho me vi pela primeira vez como uma mulher. Agora eu era Sabrina. Minhas pernas ficaram lindas com a meia arrastão, e o vestido apertadinho e curto revelava a polpa da minha bunda de uma maneira muito sexy.

Ela me levou então para a sala para conhecer o marido, eu ainda tentando aprender a andar de salto. Foi muito diferente quando ele me viu, pois nunca alguém tinha me olhado com um olhar de desejo, coisa que sempre vi os homens fazendo para mulheres gostosas, mas pela primeira vez dirigido a mim.

Ele era um homem moreno, pele morena de sol, e um pouco gordinho. Me convidou para tomar uma cerveja e conversar. Eu forçava uma voz fina, pois agora era uma mulher. Fiquei a vontade com a conversa, ele se aproximou, me abraçou, agarrou a minha bunda, e então me deu um beijo. Era a minha primeira vez beijando um homem. Eu estava com muito tesão com a situação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
thor hammer gel amostra grátis

Ele me puxou para o quarto e a esposa veio atrás. Me conduziu para a cama, onde continuou me beijando com seu corpo em cima do meu. Ele então abaixa as alças do meu vestido expondo meu peito. Meu peito é liso, sem pelos, e com aquele vestido meus mamilos rosados pareciam os seios de uma mulher com peitos muito pequenos. Ele então começa a chupar meus mamilos, o que foi inesperado e gostoso. E esposa também vem participar e começa a me beijar na boca.

Nesse momento eu nem sei mais direito qual dos dois está tocando meu corpo, é uma confusão de mãos e bocas, sinto minha saia ser levantada, minha calcinha ser puxada pro lado enquanto mãos pegam no meu pinto, um dedo explora a entrada do meu cuzinho, e bocas exploram meu peito e pescoço.

O marido desce e começa a chupar meu pinto, e a esposa abaixa o vestido revelando seios grandes e muito bonitos, e me pede para chupá-los. Isso dura um tempo até ele me virar para ver a minha bunda.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
Telegram 
Entre agora!

A esposa deita de pernas abertas, mostrando que estava sem calcinha, e eu me posiciono para chupá-la. Nesta posição minha bunda fica empinada para o marido, que começa a enfiar dedos no meu cu.

Logo percebo que ele está pelado, e começa a esfregar o pinto na minha bunda.

O pinto dele era de tamanho médio, e entra fácil. Nas vezes que fiz sexo anal antes eu senti dor, mas nesta vez estava com muito tesão e não tive nenhuma dor, foi só prazeroso.

A esposa pede então para penetrá-la. Eu meto nela, que estava extremamente molhada e desliza muito fácil para dentro, e ele vem por trás em um sanduíche delicioso.

Ficamos em um vai e vem a 3, eu e ela gozamos assim, mas ele ainda não.

Ele então deita de barriga para cima e pede para eu sentar nele, na posição de cavalgar. Ele coloca as mãos nos meus peitinhos e sinto ela por trás me abraçando.

Nessa hora olho para baixo, vendo meu próprio corpo, e sinto muito tesão. Não vejo um corpo de homem, mas vejo uma mulher. Estou ainda com o vestido, quase que enrolado na minha cintura pois a parte de cima está abaixada e a saia levantada. Meu pinto já está mole dentro da calcinha preta fio dental, vejo minhas pernas brancas com as meias arrastão, e ainda usando a sandália de salto. Estou cavalgando um homem com o pinto totalmente enfiado no meu ânus, e isso tudo é muito tesão.

Ele pede então para gozar na boca. Eu e ela começamos a chupá-lo, cada uma em um lado do pau, ele me puxa para me beijar novamente na boca, e goza na boca da esposa. Ela me chama para beijá-la, e quando me beija empurra toda a porra para dentro da minha boca. O que me pega de surpresa, mas uma surpresa gostosa.

Este foi um dos sexos mais gostosos que eu já fiz, e me sentir mulher pela primeira vez foi incrível. Espero que tenham gostado do conto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *